Secretaria Municipal de Saúde






Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência fora de seu controle.

Artigo Artigo XXV da Declaração Universal de Direitos Humanos



Saúde, Ciência, Pesquisa, Arte, Cultura, nossa gente da SMS, e o que mais possa interessar.



Organizado por William H Stutz

Veterinário Sanitarista

whstutz@gmail.com



Este Blog é independente, sem vínculo oficial com instituição alguma.
Todos
estão convidados a contribuir com informações de interesse coletivo.





quarta-feira, 12 de março de 2008

Valorizando o que é nosso

Ótimo texto de Marília Alves Cunha enviado para o Blog da Saúde.
Assim como a fruta, o texto merece ser degustado.






Quase todos nós (de gerações passadas) crescemos em casas rodeadas de quintais, onde floresciam e frutificavam maravilhosos pés de jabuticaba, fruta 100% brasileira. O que a gente não sabia é que esta frutinha, com quem convivemos tanto, contém altos teores de substâncias protetoras do coração.

Sabem por que a cor roxo-azulada, cor de jabuticaba? É devido à presença de enormes porções de antocianinas, pigmentos também presentes nas uvas escuras e apontadas como grandes benfeitoras das artérias e com enorme ação antioxidante. Uma vez em circulação ajudam a varrer as moléculas instáveis de radicais livres. Tais substâncias antioxidantes também ajudariam a estabilizar o açúcar no sangue dos diabéticos.

Delicada, a fruta se modifica assim que é arrancada do pé ( como tem muito açúcar, a fermentação acontece no mesmo dia da colheita). A dica é guardá-la em saco plástico na geladeira, batê-la no preparo de sucos e usá-las em geléias. Tanto na polpa como na casca existem também excelentes teores de pectina, fibra indicada para derrubar níveis de colesterol.

Mas já diziam nossos avós: o melhor da jabuticaba é chupar no pé... Isto para quem tem o privilégio de ter uma jabuticabeira!
Pelo bem que faz a jabuticaba, esta frutinha nossa, bem brasileira, deveria ser mais valorizada, consumida e explorada, você não acha?

Marilia Alves Cunha
mariliacunha16@hotmail.com