Secretaria Municipal de Saúde






Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência fora de seu controle.

Artigo Artigo XXV da Declaração Universal de Direitos Humanos



Saúde, Ciência, Pesquisa, Arte, Cultura, nossa gente da SMS, e o que mais possa interessar.



Organizado por William H Stutz

Veterinário Sanitarista

whstutz@gmail.com



Este Blog é independente, sem vínculo oficial com instituição alguma.
Todos
estão convidados a contribuir com informações de interesse coletivo.





sexta-feira, 30 de maio de 2008

Palestra

Palestras marcam o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna




Foi comemorado ontem, dia 28 de maio, no Anfiteatro Cícero Diniz, no Centro Administrativo da Prefeitura de Uberlândia, o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna. A data foi escolhida pelo Ministério da Saúde, oficializada por meio do Pacto Nacional de Redução da Morte Materna.

Os principais objetivos foram: apresentar os aspectos obstétricos e jurídicos do óbito materno e sua investigação, bem como entender e discutir ações de prevenção do óbito materno. Participaram do encontro médicos ginecologistas obstetras, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos, advogados, profissionais de saúde e áreas afins, além de acadêmicos de cursos da área de saúde e comunidade em geral.

Fonte:
Saúde na rede

Serv Music 2008



Representantes da Saúde fazem sucesso no Serv Music 2008

Dois colaboradores da Secretaria Municipal de Saúde se destacaram no IX Festival de Música dos Servidores Públicos Municipais 2008, cuja grande final será realizada amanhã, dia 30, no Centro de Eventos Acrópole. Na eliminatória do dia 26 de maio participaram Marcelo Candeloro (do GIDS), com a interpretação de uma música italiana, e Sidnei Jorge da Cunha (Programador Visual) que apresentou uma seleção com músicas dos anos 80 e 90.





Fonte:
Saúde na rede

Prêmio

Coordenadora do Projeto Sala Aninhar ganha prêmio

A pediatra e coordenadora do Projeto Sala Aninhar, Luciana Herrero, recebeu esta semana, em Belém (PA), um prêmio em reconhecimento ao seu trabalho que incentiva o Aleitamento Materno como uma das estratégias para a promoção, proteção e apoio ao ato de amamentar. O prêmio foi entregue durante o Congresso Nacional de Aleitamento Materno. A pediatra Luciana Herrero é consultora internacional de aleitamento materno.

Em Uberlândia, todas as Unidades de Atendimento Integrado – UAIs contam com uma sala do Aninhar, para o atendimento humanizado aos recém-nascidos e seus familiares, cobrindo 100% das crianças que realizam o teste do pezinho na rede pública municipal. Além do teste do pezinho, as Salas do Programa Aninhar ainda desenvolvem as seguintes ações: atendimento em amamentação, com auxílio na consolidação do ato de amamentar; aconselhamento sobre cuidados com recém-nascidos, explicando os cuidados com a higiene do coto umbilical, higiene genital, etc.; avaliação da icterícia (tiriça); e orientação para a mulher no pós-parto. A Sala é uma ação do Programa Municipal Saúde da Criança.

Fonte:
Saúde na rede

Votos suficientes

Agência FAPESP – O Supremo Tribunal Federal (STF) votou nesta quinta-feira (29/5) pela constitucionalidade do artigo 5º da Lei de Biossegurança. Por seis votos a cinco prevaleceu a autorização do uso de células-tronco embrionárias humanas em pesquisas científicas.

Ministra Ellen Gracie fala no julgamento da constitucionalidade do Artigo 5º da Lei de Biossegurança (foto: Wilson Dias/ABr)

Em março de 2005, as pesquisas com células-tronco embrionárias humanas foram aprovadas no Brasil no âmbito da Lei de Biossegurança. Em maio do mesmo ano, no entanto, o então procurador-geral da República, Cláudio Fonteles, entrou no STF com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) contra o artigo a respeito das pesquisas, sob a alegação de que estudos do gênero feriam “o direito de embriões”. O pedido foi acatado no fim de 2006.

Defenderam a continuidade das pesquisas com células-tronco embrionárias humanas, sem ressalvas, os ministros Carmen Lúcia Antunes Rocha, Celso de Mello, Ellen Gracie, Joaquim Barbosa, Marco Aurélio Mello e o relator Carlos Ayres Britto, que defendeu a improcedência da Adin.

Propuseram ressalvas às pesquisas, considerando parcialmente procedente a Adin, os ministros Carlos Alberto Menezes Direito, Cézar Peluso, Eros Grau, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski.

Segundo a Agência Brasil, Marco Aurélio Mello destacou que o texto legislativo traz restrições ao uso de embriões, considerando apenas o uso de embriões produzidos por fertilização in vitro, inviáveis, congelados há mais de três anos e com o consentimento dos pais, que forneceram o material.

“Ficando assim descartada, quer sob o ângulo da utilidade, quer sob o ângulo da vontade do casal, a viabilidade de implantação no útero”, disse. “A questão é saber se serão destruídos fazendo o bem a outras pessoas ou não; a meu ver, a resposta é óbvia.”

Na opinião do ministro, a função dos ministros neste julgamento é “definir o destino dos óvulos fecundados, que fatalmente seriam destruídos e devem ser utilizados sempre na tentativa inesgotável do progresso da humanidade”.

Durante a apresentação de seu voto no julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade que questiona o uso de células-tronco embrionárias humanas em pesquisas, Mello ressaltou que não cabe ao STF apresentar sugestões de modificação da norma.

“É de todo impróprio o Supremo julgar fazendo recomendações, ele não é órgão de aconselhamento”, afirmou. "A lei [de Biossegurança] foi aprovada por 96% dos senadores e 85% dos deputados, o que demonstra razoabilidade."

Para o ministro, as premissas que levam à interpretação de que a lei é ambígua “não se fazem presente”. De acordo com Marco Aurélio, apresentando recomendações à lei, há um risco de se redesenhar o texto legislativo, “assumindo o Supremo o papel de legislador positivo”.

Em entrevista à Agência FAPESP, Stevens Rehen, professor do Departamento de Anatomia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e presidente da Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento (SBNeC), disse considerar o julgamento no STF um “divisor de águas para a sociedade brasileira”.

“A decisão do STF vai colocar à prova o caráter laico do Estado. Além disso, todo o debate em torno da questão está sendo extremamente importante para aprimorar a percepção do público em relação à ciência”, apontou Rehen.

Segundo ele, é difícil avaliar o quanto a Adin atrasou as pesquisas brasileiras – o país não derivou até hoje nenhuma linhagem de células-tronco embrionárias. “O laboratório que coordeno, por exemplo, tem 17 pesquisadores e apenas dois estão em tempo integral nessa linha. Isso ocorre porque é arriscado investir em uma pesquisa que poderia se tornar ilegal”, disse.

O presidente da FAPESP, Celso Lafer, enviou no dia 11 de fevereiro ofício à então ministra do STF, Ellen Gracie, a respeito da autorização legal para a realização de pesquisas com células-tronco embrionárias. O texto foi encaminhado também aos demais ministros.

“Entende a FAPESP que o tratamento e os controles dados à matéria pela Lei de Biossegurança conciliam adequadamente os valores envolvidos, possibilitando os avanços da ciência em defesa da vida e o respeito aos padrões éticos de nossa sociedade”, destacou Lafer.

O presidente da Fundação reiterou a “confiança no prudente julgamento desse Tribunal, em defesa dos valores acolhidos em nossa Constituição e da aplicação do Direito segundo os critérios e conceitos próprios de uma ética laica da ciência e do Estado”.


Fonte:


quinta-feira, 29 de maio de 2008

Palestra HIV/AIDS

ONG RNP promove palestra sobre HIV/AIDS
A palestra vai discorrer sobre os métodos de transmissão, prevenção e tratamento da doença


A coordenadora do Ambulatório de Doenças Sexualmente Transmissíveis – DST/AIDS, Cláudia Spirandelli, vai ministrar palestra amanhã, dia 30, das 14h às 17h, na sede da Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/AIDS (RNP/Núcleo Uberlândia)*. A palestra vai discorrer sobre os métodos de transmissão, prevenção e tratamento da doença.

A ONG RNP foi fundada em 1999 e tem como objetivo orientar, aconselhar e acompanhar portadores do vírus HIV/AIDS, desde a prevenção, adesão e tratamento até sua inserção social junto à comunidade e seus familiares. Através de trabalhos de prevenção, a RNP tem colaborado na redução dos índices de transmissão pelo HIV em Uberlândia (1.266 casos notificados), levando conhecimento sobre o assunto de forma lúdica, por meio de palestras, da distribuição de preservativos e da orientação pessoal para cada portador.

* RNP/Núcleo Uberlândia – rua Ya Nasso, 375, bairro Planalto, Uberlândia (MG).

Fonte:

Excelência no Atendimento

Cerca de 200 profissionais da saúde participam de Capacitação em Excelência no Atendimento ao Usuário
Participarão do curso funcionários de sete Unidades de Saúde e da Central de

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Diretoria de Gestão de Pessoas (DGP), promoverá entre os dias 3 e 25 de junho, no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac)*, o curso de capacitação “Excelência no atendimento ao usuário do SUS – desenvolvendo o comportamento, as atribuições, a ética e a postura profissional”. Vão participar da capacitação aproximadamente 200 funcionários das Unidades de Atendimento Integrado – UAI Luizote, Morumbi, Martins, Pampulha, São Jorge, Planalto, Roosevelt, e da Central de Transporte Sanitário.

Os temas abordados serão: Noções do Sistema Único de Saúde, Relacionamento interpessoal e resolução de conflitos, Noções de primeiros socorros, comunicação e eixo profissional, funções e atribuições do colaborador da SMS. Entre outros, destaca-se o objetivo de conscientizar e proporcionar informações das melhores técnicas de atendimento para desenvolver uma melhor imagem do colaborador e da instituição/unidade de saúde, promovendo uma cultura de competência, cortesia e autoconfiança.

Mais informações com Maria Aparecida - (34) 3239-2672.

* Senac – avenida Belo Horizonte, 525, bairro Martins, Uberlândia (MG).

Fonte:

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Viva Sem Tabaco

I semana Viva Sem Tabaco
Tratamento, prevenção e controle do Tabagismo
(Em comemoração ao Dia Mundial Sem Tabaco)
Visite o stand, de 26 a 31 de maio, na Praça de eventos do Center Shopping
Mais informações no site: http://www.vivasemtabaco.com.br

Palestra

Incontinência urinária é tema de palestra no Ceai II
A palestra será ministrada nesta sexta-feira, às 8h


A Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Habitação e Trabalho, realiza nesta sexta-feira, dia 30, às 8h, no Centro Educacional de Assistência Integrada (Ceai II), localizado no bairro Laranjeiras, uma palestra sobre o tema “Incontinência Urinária”, que será ministrada pelo médico clínico geral Luís Antônio Leme. O evento destina-se aos idosos e demais interessados.

Centro Educacional de Assistência Integrada (Ceai II) – rua Senegal, 30, bairro Laranjeiras, Uberlândia (MG).

Fonte:

Importante!

Prefeitura de Uberlândia promove o II Congresso da Juventude O evento será realizado no dia 29, no Parque do Sabiá



Com o tema “Jovens por uma cidade melhor”, a Prefeitura de Uberlândia promove nesta quinta-feira, dia 29, o II Congresso da Juventude. O evento será no Parque do Sabiá, a partir das 8h30, e terá parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e apoio da Promotoria de Proteção e Defesa da Criança e do Adolescente de Uberlândia.

Participarão do congresso 1.400 jovens, já inscritos, de 57 escolas das redes de ensino particular, federal, estadual e municipal, das zonas rural e urbana do Município. O evento também terá a participação de 83 representantes de escolas, entre professores e diretores, que atuarão como mediadores dos grupos de discussão.

O objetivo é mobilizar e integrar os jovens do Município, através da discussão de temas ligados ao seu cotidiano, na busca da construção de uma juventude mais consciente e fortalecida frente aos problemas da sociedade. O encontro visa ampliar o conhecimento dos jovens, por meio de debates que serão realizados para oportunizar momentos de reflexão, com a finalidade de auxiliar o Poder Público Municipal na elaboração de políticas de interesse da juventude uberlandense, para a construção de uma cidade melhor. Os desafios finais formulados no II Congresso da Juventude serão encaminhados ao prefeito de Uberlândia.

Serão discutidos os sub-temas “O Jovem, a Família e as Drogas”, “Jovem x Escola e Universidade”, “Juventude e Novos Sistemas de Informação” e “Trabalho, Mercado e Emprego”.

A organização do congresso é de responsabilidade da Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Habitação e Trabalho – Núcleo de Apoio ao Jovem e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Fonte:

Vamos ao teatro?

terça-feira, 27 de maio de 2008

Gramofones e Radiolas

Clique para ampliar

2ª Caminhada Viva Bem

Saúde participa da 2ª Caminhada Viva Bem

A Secretaria de Saúde de Uberlândia (SMS) participou, com suas ações, da 2ª Caminhada Unimed Viva Bem, realizada no domingo, 25 de maio, no Parque do Sabiá. O objetivo foi incentivar o hábito da caminhada como forma de prevenção de doenças, já que é um dos exercícios aeróbicos considerados mais adequados para os adultos, especialmente idosos e indivíduos portadores de doenças cardíacas e metabólicas (diabetes, obesidade e excesso de triglicérides no sangue). A promoção foi da Revista Perfil Médico.
A SMS participou com ações como a aferição de pressão, cálculo do índice de massa corporal (IMC), imunização humana e informações sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis – DST/AIDS, além de noções de higiene bucal.

Fonte e fotos:
Cristina - Secretaria Municipal de Gestão Estratégica e Comunicação PMU







segunda-feira, 26 de maio de 2008

Projeto Fim de Tarde

Clique na imagem para ampliá-la

Conselho de Saúde

Conselhos Locais de Saúde do Núcleo Pampulha serão constituídos nesta terça



A Secretaria Municipal de Saúde de Uberlândia reúne-se amanhã, dia 27, a partir das 19h, na Unidade de Atendimento Integrado – UAI Pampulha com diversos segmentos da sociedade civil organizada para constituir os Conselhos Locais de Saúde do Setor Sul. Estes têm como referência: UAI Pampulha, UBS Patrimônio, UBSF Lagoinha I e II, UBSF Santa Luzia e UBSF Granada I e II.
A criação dos Conselhos Locais de Saúde está contemplada na Constituição Federal e nas leis 8080 e 8142. Entre suas atribuições destacam-se: acompanhamento, controle e avaliação e na valorização da política municipal de saúde, de acordo com a Lei Orgânica do Município. Até o momento foi constituído o Conselho Local Núcleo São Jorge e até o final de 2008, deverão ser constituídos os Conselhos Locais de todos os setores da cidade.


Fonte
Cristina - Secretaria Municipal de Gestão Estratégica e Comunicação PMU

3 º ENESCPOP

Secretaria de Saúde participa do ENESCPOP

Equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) trabalharam durante o Encontro Nacional de Educação, Saúde e Cultura Popular – 3º ENESCPOP, no período de 22 a 24 de maio, realizado na Universidade Federal de Uberlândia (UFU), que foi a entidade promotora. O objetivo de encontro foi promover ações formativas baseadas na socialização, no debate e na produção coletiva de conhecimentos fundamentados em teorias e experiências de intervenção social acumuladas nas áreas de educação, saúde e cultura populares.

A SMS participou na Tenda da Saúde com os programas de Anemia Falciforme, Hanseníase, DST/AIDS, Imunização, em parceria com várias instituições de ensino na área de saúde, cujos estudantes fizeram aferição de pressão e cálculo de índice corporal. A diretora de Planejamento e Informação em Saúde, Rubia Pereira Barra, ministrou palestra na qual abordou o funcionamento do SUS em Uberlândia e a construção do Hospital Municipal.












Posted by Picasa







Posted by Picasa



Fonte e fotos:
Cristina - Secretaria Municipal de Gestão Estratégica e Comunicação PMU

Jorna

PSF Tapuirama

O Blog da Saúde com satisfação apresenta importante ação da equipe do PSF Tapuirama, carinho, atenção e compromisso com a comunidade daquele distrito. Parabéns a todos.

PSF Tapuirama realiza curso: "Saúde na Terceira Idade"

Com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população rural, o PSF Tapuirama realizou em parceira com o SENAR - Serviço Nacional de Aprendizagem Rural um curso com o tema "Saúde na Terceira Idade", em que os participantes tiveram a oportunidade de discutir a importância de uma vida saúdavel, como viver bem a velhice, e os cuidados ao idoso.

A equipe de saúde bucal participou apresentando ações sobre prevenção e promoção em saúde bucal, abordando temas como prevenção na terceira idade, alimentação pastosa e aderente, dificuldade motora para a higienização, higiene das próteses, próteses que machucam e orientação ao cuidador do idoso.

Eduardo Luiz da Mata Gonçalves
Dentista PSF Zona Rural










sexta-feira, 23 de maio de 2008

Mortalidade Materna II

Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna

Para melhor visualizar, clique no cartaz


Dengue - Vigep

Elaize - VIGEP, encaminha:
Dados de dengue até 21/05/2008. Dados sujeitos a alterações. Ainda estamos aguardando resultados de exames. Recebemos resultados nos dias 20 e 21 de maio e exportamos os dados 21 de maio. Favor divulgarem com a equipe de saúde.
Clique para ampliar as tabelas


quarta-feira, 21 de maio de 2008

História

Emmanuel dias aplicando veneno - Foto aquivo Fiocruz

Um raro e hitórico documento garimpado pelo Blog da Saúde, vale a leitura, bom feriado para todos.

Este texto de Emmanuel dias constitue provavelmente um dos primeiros documentos para a população geral, publicado numa revista de grande circulação nacional, o "EU SEI TUDO", em 1944. Nele se revela, ao estilo da época, a grande admiração e carinho que Emmanuel nutria por CARLOS CHAGAS, aliás, seu mestre e padrinho



Carlos Chagas e a Descoberta de uma Nova Doença Humana
Emmanuel Dias

Nos primeiros anos deste século - tão cheio de magníficos e terríveis acontecimentos para a humanidade - cuidava-se de conquistar os nossos sertões, fazendo penetrar a estrada de ferro pelo Estado de Minas a dentro, com o objetivo de atingir as beiras do Rio São Francisco. Procurava-se levar a civilização à longínqua Pirapora, separada de Curvelo e da jovem capital mineira por semanas e semanas de árdua caminhada através dos serrados e matas do Vale do legendário Rio das Velhas.
Dificílima, entretanto, era a tarefa.

Defendiam-se os sertões contra a penetração desbravadora, numa luta em que não poucas vezes sairam vencedores nos dias gloriosos das Bandeiras. Entre os obstáculos de toda ordem a serem vencidos, figurava na primeira linha o espectro da doença, que sob as mais variadas e traiçoeiras formas infligia aos pioneiros o castigo da morte. Micróbios dos mais perigosos eram causadores de epidemia e endemias devastadoras, disseminados pela água cristalina com que os conquistadores mitigavam a sede nas jornadas sob o sol causticante, ou pelos alimentos que, famintos, tiravam dos alforjes e embornais. Outras vezes, contavam os maléficos germes com aliados impiedosos, como os vorazes mosquitos que, ao buscarem a vida no sangue do homem, nele inoculavam, em paga, os agentes mortíferos das febres palustres.
Mas então outros eram os recursos da ciência, que não os dos remotos tempos do Borba Gato.

No Rio de Janeiro, Oswaldo Cruz já havia, em campanha memorável, conseguido extermínio do mosquito rajado. Manguinhos era já o centro famoso de pesquisas de que se orgulha o Brasil. E às suas portas generosas foram bater os governantes, para pedir um homem capaz de lutar contra as sezões que dizimavam os operários incumbidos de fixar ao solo pátrio os trilhos da Estrada de Ferro Central do Brasil, na conquista definitiva daquelas inóspitas regiões.

Justamente um mineiro, filho de Oliveira, foi o indicado por Oswaldo Cruz para arcar com o difícil empreendimento. Carlos Chagas era apenas saído dos bancos acadêmicos, pois se formara em 1903; mas aos olhos iniludíveis de seu grande mestre já se tinha revelado possuidor de excepcionais atributos, a um tempo de médico, higienista e pesquisador, para que este não hesitasse em confia-lhe missão de tamanha responsabilidade. Sua própria tese de doutoramento versara sobre o palpitante tema das maleitas, e no êxito de outras campanhas profiláticas grangeara fama de malariologista, depois confirmadas nos mais representativos certames mundiais sobre o assunto, como no Congresso de Malária de Roma (1925).

Em 1907, ei-lo no vale do Rio das Velhas , no lugarejo histórico de Lassance, cumprindo o seu rigoroso programa de luta antipalúdica que o mais perfeito sucesso viria coroar. A sua casa e o seu laboratório eram apenas um vagão de estrada de ferro... Distante da família, longe do conforto, em que se criara, lutava frente a frente contra o terrível mal, porfiando com inexcedível zelo na preservação da saúde dos obreiros por cuja vida os responsabilizara. Movido por nobilíssimo sentimento de compaixão humana, ia sempre muito além do que lhe exigiam as obrigações da rotina profilática. Percorria aquelas paragens desoladas, levando a incontáveis vítimas de muitos males o remédio salvador e a palavra amiga, guiado seu cérebro privilegiado de pesquisador pelos impulsos generosos de seu coração de médico: Sou daqueles que votam à profissão do médico o mais extremado amor, confessou, de uma feita, em explosão de profunda sinceridade.

terça-feira, 20 de maio de 2008

Contação de História

Notícia recebida da Diretoria de Planejamento - DPIS/SMS

Com grupo da Biblioteca Pública Municipal
Data: 21/05/08
Horário: 9hs
Local:Centro de Convivência e Cultura (saúde mental)


A referida atividade se destina às crianças que frequentam o CAPS da Infância, mas foram convidadas também crianças que frequentam a Escola Estadual Hercília Luz, situada na Bairro Pampulha.

Esse evento significa o esforço dos setores - Ações em Saúde Mental (Centro de Convivência e Cultura e CAPS Infância e Adolescência) e Biblioteca Pública Municipal com o intuito de promover, por meio de uma atividade lúdica, que é a contação de história, oportunidade de exercitar a convivência, o respeito e a tolerância com as diferenças.

O evento contará ainda com a colaboração dos guardas de trânsito da SETTRAN que auxiliarão as crianças da Escola Estadual Hercília Luz na travessia da Av. João Naves de Ávila.

2ª Caminhada Viva Bem

Secretaria Municipal de Saúde levará ações para a 2ª Caminhada Viva Bem
O evento será realizado dia 25 de maio, das 8h às 13h, no Parque do Sabiá


A Secretaria de Saúde de Uberlândia vai participar, com suas ações, da 2ª Caminhada Unimed Viva Bem, que será realizada dia 25 de maio, das 8h às 13h, no Parque do Sabiá. O objetivo é incentivar o hábito da caminhada como forma de prevenção de doenças, pois é um dos exercícios aeróbicos considerados mais adequados para os adultos, especialmente idosos e indivíduos portadores de doenças cardíacas e metabólicas (diabetes, obesidade e excesso de triglicérides no sangue). A promoção é da Revista Perfil Médico.

Entre as ações da Secretaria de Saúde estão a aferição de pressão, cálculo do índice de massa corporal (IMC), imunização humana e informações sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis – DST/AIDS, além de noções de higiene bucal. Outras instituições também vão desenvolver ações educativas como, por exemplo, a ONG SOS Uberabinha, que apresentará vídeos mostrando o trabalho que desenvolve no monitoramento e recuperação de nascentes e matas ciliares.

Durante toda a manhã, a 2ª Caminhada Unimed Viva Bem contará, ainda, com atrações culturais e artísticas, entre elas, a apresentação da Banda Klua, grupos de dança de axé e do ventre.

Fonte:

Palestra na Católica



"Nessa terça feira (20/05) haverá uma palestra na Faculdade Católica com o tema ' Econômia Solidária e meio ambiente: relato de experiência do processo de incubação da Cooperativa dos recicladores de Uberlândia (Coru).

Os temas a serem tratados na palestra são: Econômia solidária, Incubadoras Universitárias de econômia solidária, processo de incubação de empreendimentos

Palestrante : Marcílio Marquesini Ferrari (economista, especialista em gestão em movimentos sociais e políticas públicas, pesquisador do grupo ' Controle social e gasto público' consultor da incubadora de empreendimentos solidários.

Solicitamos para participação a contribuição de um quilo de alimentos não perecível que será repassado as famílias dos recicladores (o palestrante não cobra pro-labore mas apoia a Coru com essa solicitação).

Na oportunidade também será divulgado um novo curso de pós graduação da Faculdade Católica de Uberlândia ' Trabalho social com famílias' que tem em um dos seus módulos a temática da econômia solidária."

Agradeço pela participação e divulgação de todos, abraços
Marilane Santos
Coordenação de pós graduação e pesquisa

Dia do Assistente Social

Dia do Assistente Social é comemorado na Prefeitura de Uberlândia
As comemorações serviram para promover uma reflexão da prática da assistência social com base nas questões éticas





A Prefeitura de Uberlândia realizou ontem, segunda-feira, dia 19, um evento em comemoração ao Dia do Assistente Social. O encontro teve apresentações artísticas e a palestra “Ética, Política e Serviço Social”, com o professor doutor Vicente de Paula Faleiros. As comemorações serviram para promover uma reflexão da prática da assistência social com base nas questões éticas, repensando o compromisso profissional com os usuários e com a qualidade dos serviços prestados. Fizeram parte da organização as secretarias municipais de Desenvolvimento Social, Habitação e Trabalho e de Saúde, e o Conselho Regional de Serviço Social – Seccional Uberlândia (Cress).

Fonte:

O malfazejo guabiru

Agradecemos a generosidade do escritor Clarimundo Campos por, com tanta cordialidade, nos citar em sua crônica semanal no Jornal Correio, repasso aqui para deleite dos amigos e colegas a prosa sonora.


O malfazejo guabiru
Clarimundo Campos *

Fiquei sabendo pela TV que este ano é o Ano do Rato no Japão. Como tomo um pouco do comportamento do rato no seio da sociedade humana, fiquei encafifado demais. Então liguei pro Ivan Santos, que é o cara em matéria de saber das coisas. Ele confirmou a notícia e acrescentou que também na China é o Ano do Rato. Que cartaz elevado tem o rato por lá!
Na atual República Tcheca, certa vez, caíram na besteira de acabar com as cobras. Aí, foi um Deus nos acuda. Surgiram tantos, mas tantos ratos, que não sobrava comida para os humanos. O jeito foi o governo de lá importar 10 mil cobras. O mesmo aconteceu em Borneo, para onde mandaram gatos por via aérea.

Sabia, por alto, que o rato transmite ao homem algumas doenças, como a hantavirose, causada por vírus, e a leptospirose bacteriana. Convém você fazer como eu: para ficar por dentro de tão graves moléstias falei com o William Stutz, competente médico veterinário sanitarista. Depois me lembrei da peste bubônica, também transmitida pelo rato, tendo como vetor a pulga. Nota-se, portanto, que com o rato não se brinca. É fácil deixar que ele não nos incomode em nossas casas e quintais. Basta jamais deixar comida dando sopa em tais ambientes. A barata também não é de brincadeira. A nojenta só vive no recesso fresquinho dos esgotos. Aqui na nossa casa, que tem um vasto quintal, ela não tem vez porque coloquei ralos com telas finas em todos os orifícios que têm acesso aos esgotos. A ausência da barata é um sossego: ela, suculento inseto, é a mais apreciada iguaria dos escorpiões. O melhor modo de combatê-los é com a ajuda da galinha caipira. Segundo me ensinou o doutor Stutz, a de granja não serve: a infeliz não sabe ciscar.

Quem sabe os orientais comem ratos? Quem sabe os de lá são do tamanho da cutia? Mesmo os pequenos, tenho coragem de comê-los. Deve ser uma delícia um pernil de rato bem torradinho e crocante.
Deixo para o leitor mais chegado em política e homens públicos, escrever um tratado sobre os malfazejos guabirus de colarinho branco, que infestam este país e o mundo.

Clarimundo Campos é
Engenheiro Agrônomo e escritor.
Suas crônicas são publicadas aos sábados no Jornal Correio

Semana Brasileira de Enfermagem



Nota do Blog da Saúde: Enfermeiras, exemplo de dedicação e paixão pelo o que fazem, nossos sinceros parabéns pela sua semana


A 69ª Semana Brasileira de Enfermagem (SBEn), promovida pela Associação Brasileira de Enfermagem – Nacional, Seções e Regionais, coordenada pelas respectivas Comissões, realizar-se-á em todo o país no período de 12 a 20 de maio de 2008, tendo como tema central – “Saúde, Poder e Cidadania", consoante com a deliberação do CONABEn – Gestão 2007-2010 – realizado em Brasília-DF, em dezembro de 2007.

O tema central - “Saúde, Poder e Cidadania” será o eixo articulador temático em torno do qual se desenvolverá uma diversificada programação, desenvolvida através de conferências, simpósios, oficinas, exposições, atividades comunitárias, entre outras atividades, direcionadas aos trabalhadores e estudantes de enfermagem, além de outros trabalhadores da saúde e segmentos interessados.

Ao trazer para o debate este tema, a SBEn sugere a reflexão dos profissionais de Enfermagem sobre questões como:


  • Enfermagem e cidadania: Participação nos espaços governamentais e não governamentais durante os 20 anos de construção do SUS.
  • Poder e Controle Social
  • Poder – Cidadania - Cuidado
  • Comunicação e Gênero: agentes do Controle Social Os 60 anos da Declaração Universal dos Direitos do Homem e a idéia de que a conquista da cidadania, universal e plena, tem velhos, novos e permanentes desafios:
  • Garantia dos direitos civis ligados à liberdade de expressão, de consciência, de movimento, de votar e ser votado, de se reunir e se associar;
  • Garantia das liberdades e direitos sociais e econômicos, como direito ao trabalho, à educação, e à saúde;
  • Garantia do padrão de qualidade de vida, com a inserção cultural e segurança ambiental.


    Buscando colaborar para o aprofundamento destas questões, apresentamos na sequência sugestões para o planejamento, organização e avaliação da 69ª SBEn, texto de referência e a indicação de alguns textos básicos relacionados à temática escolhida.

    O conjunto das atividades desenvolvidas em todo o país será consolidado em Relatório Síntese pela Coordenação Nacional e divulgado para todas as Seções, Regionais e Instituições afins.

    Acreditando na organização, vontade e criatividade dos trabalhadores e estudantes da enfermagem brasileira, espera-se que a 69ª SBEn seja resultado da construção coletiva destes segmentos e represente uma contribuição concreta para os anseios profissionais no cuidado à saúde e no cotidiano do trabalho.

    Acesse o arquivo completo do Caderno de Dicas da 69º SBEn



    Fonte: ABEn Nacional
  • segunda-feira, 19 de maio de 2008

    Mortalidade materna

    Palestras vão marcar o Dia Nacional de Redução da Mortalidade
    Materna
    Podem participar do evento profissionais da saúde, acadêmicos e
    comunidade em geral.


    Será comemorado dia 28 de maio, a partir das 19h, no Anfiteatro Cícero Diniz, no Centro Administrativo da Prefeitura de Uberlândia, o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna. A data foi escolhida pelo Ministério da Saúde, oficializada por meio do Pacto Nacional de Redução da Morte Materna.

    Os principais objetivos são: apresentar os aspectos obstétricos e jurídicos do óbito materno e sua investigação, bem como entender e discutir ações de prevenção do óbito materno.

    Podem participar médicos ginecologistas obstetras, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos, advogados, profissionais de saúde e áreas afins, além de acadêmicos de cursos da área de saúde e comunidade em geral.

    As inscrições podem ser feitas na Diretoria de Gestão de Pessoas da Secretaria Municipal de Saúde, pelo fone (34) 3239-2972 ou pelo e-mail: dgp@uberlandia.mg.gov.br

    Programação:

    19h – Abertura oficial e coquetel

    19h30 – Aspectos obstétricos da mortalidade materna; palestrante: professora Maria Célia dos Santos – Dep. Ginecologia e Obstetrícia – UFU

    20h10 – A investigação do óbito materno; palestrante: dr. Aloísio Gomide / ginecologista obstetra; e dra. Hermínia Mendonça P. Resende / pediatra

    20h50 – Aspectos jurídicos da mortalidade materna; palestrante: dr. Genney Randro Barros de Moura, 17º promotor de Justiça

    21h30 – Debate com os palestrantes


    Fonte:

    Família na Escola - fotos

    Conforme prometido Denise Andrade acaba de enviar as fotos das ações realizadas no "Dia da Família na Escola."
    Clique para ampliá-las.