Secretaria Municipal de Saúde






Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência fora de seu controle.

Artigo Artigo XXV da Declaração Universal de Direitos Humanos



Saúde, Ciência, Pesquisa, Arte, Cultura, nossa gente da SMS, e o que mais possa interessar.



Organizado por William H Stutz

Veterinário Sanitarista

whstutz@gmail.com



Este Blog é independente, sem vínculo oficial com instituição alguma.
Todos
estão convidados a contribuir com informações de interesse coletivo.





quarta-feira, 30 de junho de 2010

Arraiá no C.A.



Hoje tem Arraiá no Centro Administrativo


O clima junino tomou conta do Centro Administrativo. Desde o início do mês a Prefeitura de Uberlândia está enfeitada com bandeirolas, balões e chapéus.

"Aqui na Secretaria de Comunicação fizemos a decoração misturando temas juninos com enfeites que remetem a copa do mundo de futebol. Todos entraram no clima", disse a secretária de gabinete, Neivia Galles.

O "Arraiá do Centro Administrativo" acontece nesta quarta-feira (30) na Prefeitura de Uberlândia das 12h às 18h.

No bloco I, pipoca e algodão doce serão distribuídos e quem passar pelo local poderá assistir a uma apresentação do Trio Façuá, à partir das 16h, e participar da quadrilha, com casamento caipira, às 17h.

"Todas as Secretarias vão montar mesas com comidas típicas. A população vem resolver alguma coisa na Prefeitura e aproveita para comer um pé-de-moleque ou uma canjicada. Isso faz parte da confraternização", disse a secretária de Administração, Marly Melazzo.

Cada Secretaria escolhe os pratos que serão servidos. Bolo de fubá, bolo de milho, amendoim doce e salgado, Mané pelado, arroz doce, caldo, broa, biscoito, pão de queijo e salgadinhos são os mais apreciados. "Qualquer sugestão de prato é bem-vinda, só não pode trazer quentão e nenhum outro tipo de bebida alcoólica", reforçou Marly Melazzo.

No "Arraiá do Cumpadi Wilmar" da Secretaria de Serviços Urbanos já está tudo organizado para a festa. "Todos os servidores conversaram e decidiram quais pratos cada um vai trazer para a festa. Venham visitar a nossa Secretaria e experimentar o caldo de vaca atolada", convidou a secretária de gabinete, Marta Valéria Fonseca.


Secretaria Municipal de Comunicação Social
Av. Anselmo Alves dos Santos, 600, Uberlândia / MG
(34) 3239-2684 / 2441 / 2883

terça-feira, 29 de junho de 2010

Estudo do IMA

IMA realiza estudo de doenças animais
Objetivo é diagnosticar e erradicar doenças que afetam animais no Triângulo Mineiro
Fernando Boente - Programa de Aprimoramento Profissional
Jornal Correio de Uberlândia

A partir de julho, o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) vai realizar um estudo epidemiológico em mais de duas mil propriedades rurais de Minas Gerais com o intuito de levantar o índice de brucelose e tuberculose animal e, posteriormente, erradicar as duas zoonoses do Estado. Na circunscrição regional do IMA em Uberlândia, que abriga 17 municípios do Triângulo Mineiro, serão visitadas 173 propriedades como amostra de um universo de mais de 13 mil.

Programa de Nutrição


O Programa Municipal de Nutrição lembra que o prazo para avaliação/reavaliação dos beneficiários do Bolsa Família/1º semestre-2010, encerra-se nesta próxima 4ª feira 30/06.

Solicita às Unidades que tiverem algum mapa com acompanhamento, encaminhar para digitação até 3ª feira, pois o site do PBF fecha à meia noite do dia 30/06.

Se alguém tiver dificuldade de enviar em razão de falta de motorista, favor comunicar imediatamente para as providências cabíveis.

Informa ainda que a partir de 1º de julho já começa a reavaliação das famílias beneficiárias referente ao 2º semestre/2010, isto poderá ser feito preenchendo o mapa em branco, até que os mapas impressos com os nomes dos beneficiários fiquem prontos/liberados a partir de agosto/2010.

Programa Municipal de Nutrição
Denize Dias Lopes
Vanilda Aparecida do Vale
Fone: 3253-5416


Fonte: Boletim da Saúde

Perigo no mar

Divulgação Científica
Mercúrio é mais perigoso no mar
As concentrações de mercúrio em água doce são muito maiores do que as encontradas em água salgada. Entretanto, ao serem ingeridos, são os peixes de mar que oferecem mais riscos à saúde humana.

A afirmação é de um estudo feito por pesquisadores da Universidade Duke, nos Estados Unidos, e publicado neste domingo (27/6) no site da revista Nature Geoscience.

O motivo é a própria água do mar. A versão potencialmente perigosa do mercúrio é o metilmercúrio (C2H6Hg), que se une à matéria orgânica dissolvida em água doce e, no mar, liga-se ao cloreto, ou seja, ao próprio sal.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Dengue



Aparelho detecta vírus da dengue por meio de saliva e urina
Por Rafaela Carvalho - rafaela.souza.carvalho@usp.br


Uma pesquisa feita por alunos da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) e da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), ambas da USP mostrou que é possível detectar o vírus da dengue através da saliva e da urina. O projeto Estudo Prospectivo da Infecção pelo Vírus da Dengue em Crianças no Município de Ribeirão Preto, São Paulo foi coordenado pelo pesquisador Victor Hugo Aquino Quintana, que resolveu deixar os exames de sangue em segundo plano para o diagnóstico de doenças, principalmente por estar trabalhando com crianças. “A saliva e a urina são substâncias mais fáceis de lidar quando se está trabalhando com elas”, justifica.

Caderneta do Adolescente

Caderneta do Adolescente é tema de Oficina para profissionais da Saúde e Educação




Foi realizado nesta quarta (23/06) a Oficina de Implantação da Caderneta do Adolescente do Ministério da Saúde, no auditório Cícero Diniz do Centro Administrativo, com a participação de aproximadamente 180 pessoas, dentre médicos, assistentes sociais, enfermeiros, agentes de educação em saúde, diretores, professores e supervisores de escolas públicas municipais e estaduais.

O objetivo do evento, promovido pela Secretaria Municipal de Saúde e Gerência Regional de Saúde, foi apresentar e debater as Políticas Públicas relacionadas à Saúde do Adolescente e promover a apropriação do conteúdo e operacionalização da Caderneta do Adolescente que foi desenvolvida para meninos e meninas.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

CCZ em ação

Zoonoses vai instalar 22 armadilhas
Objetivo é capturar o mosquito que transmite a doença, após confirmação do terceiro caso em humanos
Andréia Candido - Repórter
Jornal Correio de Uberlândia




O Centro de Controle de Zoonoses de Uberlândia (CCZ) vai instalar, a partir de segunda-feira (28), 22 armadilhas luminosas capazes de atrair o mosquito transmissor de leishmaniose em um raio de até 500 metros. A captura será feita em diferentes pontos nos bairros Osvaldo Resende e Jardim Brasília, na zona norte. A intenção é evitar a proliferação da doença, depois que foi confirmado o terceiro caso humano na cidade, o primeiro em 2010.

De acordo com a coordenadora do Programa de Controle de Leishmaniose, Márcia Beatriz Cardoso, o terceiro caso foi constatado na segunda quinzena de maio (outros dois casos foram identificados em 2008 e 2009) em um morador do bairro Osvaldo Resende. “Intensificamos a realização de exames nos animais do bairro e nas proximidades assim que foi feita a notificação. O próximo passo são as armadilhas.”

Nas últimas três semanas, os agentes do CCZ colheram sangue de 1.032 animais do bairro Osvaldo Resende, mas em nenhum foi constatada a doença. No mesmo período, 216 metros cúbicos de lixo orgânico e entulho foram retirados da área, uma vez que lugares úmidos e com pouca higiene favorecem a concentração do mosquito.

A leishmaniose é uma doença provocada por parasita e é transmitida ao homem por meio da picada do mosquito conhecido por palha ou birigui. Há diferentes formas de leishmaniose, sendo que as mais comuns são a cutânea, que causa feridas na pele, e a visceral, que afeta alguns órgãos internos como fígado, medula óssea e baço.

Saiba mais

A doença em Uberlândia

Confira os números de casos na cidade

2008
Humanos: 1
Animais 80

2009
Humanos: 1
Animais: 115

2010
Humanos: 1
Animais: 50

Cuidados preventivos

Retire folhas e frutos do quintal
Evite lugares úmidos ou com muita sombra
Recolha as fezes diariamente
Melhore as condições higiênicas do animal
Use coleira específica no animal

O que fazer com animais soropositivos

Procure um veterinário ou o Centro de Controle de Zoonoses
O exame que detecta a doença nos cachorros é oferecido gratuitamente pelo CCZ

Mais informações: (34) 3213-1470 ou (34) 3213-1418

Fonte: Jornal Correio de Uberlândia

Conexões virais


Redes sociais determinam dinâmica de transmissão do vírus da hepatite C, segundo estudo coordenado por pesquisadores brasileiros e publicado na PLoS One

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Anti-rábica

Foto: Daniel Nunes


Campanha de Vacinação Anti-rábica começa na próxima semana na Zona Rural
Começa na próxima segunda-feira (28) a 28ª Campanha de Vacinação Anti-rábica animal, que acontece até o dia 31 de julho. Nesta primeira etapa, as equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) vão percorrer a Zona Rural do município. “Devem ser vacinados todos os animais com mais de três meses e a expectativa é imunizar cerca de oito mil cães e gatos”, disse Adalberto Pajuaba, coordenador do CCZ.

Neste ano, houve mudanças na produção das doses. “É uma vacina mais segura e de melhor qualidade, que utiliza uma técnica parecida com a da vacina para seres humanos”, contou o coordenador.

O CCZ vai disponibilizar para a campanha cinco equipes que percorrerão as fazendas e distritos para aplicar a vacina. “É importante que a população se conscientize da importância de vacinar os cães e gatos e colaborem com os servidores da Zoonoses. A porteira fechada ainda é o maior problema encontrado”, ressaltou o coordenador.

Segundo Pajuaba é importante que a comunidade permita a entrada das equipes sempre que perceber a movimentação dos carros oficiais do CCZ. “Todos os funcionários estão uniformizados e com documento de identificação da Secretaria Municipal de Saúde”, explicou.

Em agosto, a Vacinação Anti-rábica será feita em diversos pontos da cidade, entre os dias 9 e 14. Os locais serão divulgados em breve.

Transmissão da raiva

A raiva é transmitida por lambeduras, mordeduras e arranhaduras de animais contaminados com o vírus. Em caso de acidentes e ataques, a orientação é que a vítima lave o ferimento com água e sabão e procure um centro de saúde.

Fonte: Ministério da Saúde

Fonte: Portal PMU

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Festa junina

Associação dos Usuários de Saúde Mental convida para sua festa junina nesta quinta (24/06)

Clique no convite abaixo para ampliá-lo

Culture Collections



12ª International Conference on Culture Collections

Conferência em Florianópolis reunirá especialistas de diversos países para debater temas sobre centros de recursos biológicos

terça-feira, 22 de junho de 2010

Para alérgicos

Vacina especial para alérgicos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou uma vacina contra a gripe suína produzida sem a proteína do ovo. O imunizante permite que pessoas que têm a alergia ao ovo — a única contra-indicação para a vacina tradicional — sejam protegidas contra o vírus da nova gripe. A princípio, no entanto, o imunizante só estará disponível nas clínicas particulares.

“O Brasil não tem dados epidemiológicos sobre alergia a ovo, mas estudos internacionais mostram que é o segundo alimento que mais causa alergias. Até 2% das crianças com idades entre 2 e 3 anos têm alergia a ovo”, explica a médica Ariana Campos Yang, coordenadora do ambulatório de alergia do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Segundo a médica Isabella Ballalai, vice-presidente da Associação Brasileira de Imunizações (Sbim), as vacinas tradicionais contra a gripe são feitas a partir do cultivo do vírus influenza, causador da gripe, em células de embriões de galinha. E, por isso, podem causar problemas graves, como choque anafilático, nos alérgicos.

EFICÁCIA COMPROVADA

“Ou seja, como o vírus é cultivado no embrião, às vezes ficam resquícios que podem causar alergia”, explica a especialista. “Uma vacina feita sem o embrião de galinha é importante porque dá a possibilidade para que os alérgicos a ovo se protejam”, diz.

Segundo a farmacêutica Baxter, a vacina já está no Brasil, mas ainda não foi distribuída porque o laboratório espera que a Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos defina o preço. O imunizante teve a eficácia e segurança comprovadas em dez estudos clínicos, englobando mais de 6 mil indivíduos de todas as idades. Ontem o Ministério da Saúde disse que “não há previsão de compra e distribuição”.


Fonte: www.portaldoconsumidor.gov.br

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Vacinação ampliada

(Foto: Daniel Nunes)
No primeiro dia de vacinação ampliada, população adere à campanha e recebe dose contra Gripe H1N1Começou neste sábado (19), em Uberlândia, a vacinação de pessoas que não se enquadravam em nenhuma das faixas etárias ou subgrupos preconizados pelo Ministério da Saúde para participar da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza A.

A imunização será feita até o término das 35 mil doses disponibilizadas e continuará durante a próxima semana nas Unidades de Atendimento Integrado (UAI’s) dos bairros Tibery, Martins, Pampulha, Roosevelt, Planalto e Luizote.

No primeiro dia de vacinação ampliada, além da atenção feita nas seis UAI’s, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) preparou um posto volante na praça Tubal Vilela para facilitar o da população à acesso à dose. Ao todo, mais de 100 profissionais de saúde participaram da iniciativa, que será estendida até às 18h.

“Decidimos aumentar o número de beneficiados porque Uberlândia já alcançou praticamente todas as metas propostas pelo Ministério da Saúde para os grupos de idosos, gestantes, doentes crônicos, jovens de 20 a 29 anos, adultos de 30 a 39 anos e crianças de 6 meses a 5 anos. Por isso, aproveitamos o sábado para atender a todos que não têm condições de se vacinar durante a semana. O interessante é que a comunidade atendeu ao chamado e acordou cedo para participar da campanha. Esperávamos muita gente, mas o número de interessados superou nossas expectativas e isso é muito bom”, expôs Adenilson Lima e Silva, coordenador técnico da Rede Municipal de Saúde.

Em família

A partir das 8h, dezenas de pessoas já começavam a chegar aos pontos de vacinação para receber a dose. Com sobrinha e filhos a tiracolo, Mércia Fernandes da Silva, 42 anos, foi uma das primeiras a chegar ao UAI Tibery. “Eu estava muito preocupada, nós não pertencíamos a nenhum dos grupos que podiam se vacinar contra a H1N1. Quando soube que estava liberado para todo mundo, achei uma maravilha. Acordei meus filhos de 17 e 13 anos, peguei minha sobrinha de 13 e vim correndo. Agora fico mais tranqüila ao saber que toda a minha família está livre dos perigos da gripe. Vou tratar de divulgar isso para todo mundo, inclusive para meus vizinhos”, explicou a dona de casa.

A professora Dulciléia de Souza Freitas, 31 anos, aproveitou o sábado para convocar os pais e os filhos Sinval (12 anos) e Arthur (5 anos) para receber a dose. “Na minha casa, apenas eu me encaixava em um dos grupos que podiam se vacinar. Ontem me disseram que a Secretaria de Saúde tinha liberado para todas as idades. Então eu me apressei e chamei meus pais e meus filhos de 12 e 5 anos para vir aqui na UAI Tibery. A minha maior preocupação era com as crianças, pois elas estão no colégio e têm contato com diversos outros alunos. Mas agora posso respirar aliviada”, revelou.

“Sou valente e não tenho medo de agulha. Sei que a vacina vai fazer bem para mim e para meu irmão, porque não vamos mais correr o risco de ficar doentes. Agora só falta meu pai vir tomar a vacina. Aí, todo mundo vai ficar saudável”, disse Sinval.

Posto volante

Em menos de duas horas de ação na praça Tubal Vilela, mais de 1.500 pessoas que passaram pelo local já tinham sido imunizadas.

Ao ouvir um programa de rádio, a aposentada Diva Maria de Oliveira, 53 anos descobriu que qualquer pessoa poderia participar da campanha contra a Inluenza A. Com o cartão de vacinação em mãos, ela saiu do bairro Alto Umuarama e ficou feliz quando foi imunizada por uma das enfermeiras. “Todos os meus filhos já tinham se vacinado e lá em casa só faltava eu. Sei que gente tem que se cuidar e, quando uma oportunidade como esta surge, temos que agarrar”, apontou.

Após receber a dose, a estudante Isabella Cristina, 15 anos, se mostrou preocupada com a mudança de hábitos. “Eu acho super importante este tipo de ação feita para o povo, mas sei que só tomar a dose não adianta: precisamos cuidar da higiene e da nossa saúde para afastar outras doenças”, contou.

“O inverno começa na segunda-feira (21) e é nesta época em que se registra maior incidência de doenças respiratórias. E já que a população tem se mostrado preocupada em buscar proteção contra o vírus A, acredito que a mudança dos hábitos fará toda a diferença. Os cuidados básicos com a higiene são as armas básicas para a prevenção além da vacina”, concluiu Adenilson Lima e Silva, coordenador técnico da Rede Municipal de Saúde.

Lembre-se: A prevenção ainda é a maior arma contra a propagação da doença e as medidas são simples!

  • Lavar frequentemente as mãos com água e sabão;
  • Ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com o antebraço ou com um lenço de papel descartável;
  • Não compartilhar utensílios e alimentos, inclusive toalha de rosto;
  • Manter portas e janelas sempre abertas para a boa circulação do ar;
  • Manter disponível sabonete, álcool gel e papel toalha.


Veja como fica a vacinação contra a Gripe H1N1 em Uberlândia:

Sábado (19):
Unidades de Atendimento Integrado (UAIs) – Até às18h. Exceto UAIs Morumbi e São Jorge
Posto volante da Praça Tubal Vilela – das 8h às 18h

De segunda a sexta-feira:
Unidades de Atendimento Integrado (UAIs) – das 8h às 19h. Exceto UAIs Morumbi e São
Jorge

Fonte: Portal PMU

Vacinação continua

Vacinação contra H1N1 continua nas UAIs
Número de doses disponíveis para esta semana será divulgado hoje pela rede municipal de saúde
Lygia Calil
Repórter
Jornal Correio de Uberlândia

A vacinação contra a Influenza H1N1 continua estendida em Uberlândia. Anteontem, 35 mil doses foram liberadas para pessoas de qualquer idade. Mesmo com muitas filas nos pontos de vacinação, nem todas as doses foram usadas. Ontem, no fim da tarde, a prefeitura ainda não tinha os números de doses disponíveis para esta semana. Segundo o coordenador da rede municipal de saúde, Adenilson Lima e Silva, o balanço será divulgado na manhã de hoje.

No posto montado na praça Tubal Vilela, o movimento começou antes mesmo das 8h, horário marcado para o início da imunização. Longas filas se formaram durante o período da vacinação. Na UAI Pampulha, por volta das 14h30, a fila virava o quarteirão. Na UAI Tibery, o movimento não foi diferente e a fila foi grande durante todo o dia.

Para ter direito à vacina, a pessoa deve ser de Uberlândia, levar o documento pessoal e o cartão de vacina. A imunização continua nas Unidades de Atendimento Integrado (UAI) dos bairros Tibery, Pampulha, Planalto, Luizote de Freitas, Roosevelt e Martins, das 8h às 18h. Não haverá vacinação nas unidades dos bairros Morumbi e São Jorge.

Fonte: Jornal Correio de Uberlândia

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Teareo e Mobilização


Apresentação do I Festival de Teatro da Mobilização Social contra a Dengue, será hoje dia 18/06

Conforme Projeto, as inscrições foram encerradas sexta, dia 11, e as oficinas serão realizadas dias 16 e 17 de junho no auditório da Gerência Regional de Saúde ministradas por um grupo de teatro, sendo que no dia 18 de junho será a apresentação dos grupos no Colégio Nacional, Rua México nº 208. O público alvo serão os formadores de opinião e potenciais multiplicadores como: diretores de escolas, professores, alunos de artes cênicas e pedagogia, grupos locais de teatro, agências de comunicação, profissionais de recursos humanos, produtores culturais, imprensa, profissionais de saúde e público em geral.

Informações pelos telefones 3253-5410 (Lester Santos) e 3214 – 4600 ramal 1307 (Priscilla Fujiwara).

Saúde Todo Dia – Programa de Educação em Saúde
Avenida João Naves de Ávila, 2202 – Térreo – B. Santa Maria – CEP:38408-100 – Telefone: 3253-5410
e-mail: educacaosaude@uberlandia.mg.gov.br

Diretoria de Gestão de Pessoas, Trabalho e Educação em Saúde
Avenida João Naves de Ávila, 2202 – 1º andar sala 101 - Telefone: 3253-5416
dgp@uberlandia.mg.gov.br

Centro de Controle de Zoonoses – Programa de Controle da Dengue
Avenida Alexandrino Alves Vieira, 1423 – B. Liberdade – CEP: 38.410-240 – B. Santa Maria – CEP:38408-100
e-mail: arruddengue@yahoo.com.br

Núcleo Regional de Mobilização Social – Semear Saúde
Gerência Regional de Saúde de Uberlândia
Rua: Belo Horizonte, 1084 – Bairro Martins
Telefone: 3214 – 4600
e-mail: mobilizacao.udi@saude.mg.gov.br

Fonte: Boletim da Saúde

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Congresso no DF



Programa DST/AIDS participa de Congresso em Brasília DF

O Programa Municipal DST/AIDS – Ambulatório Herbert de Souza, participa através de suas profissionais, Maíra Rocha de Carvalho, Patrícia Aparecida Borges de Lima e Cláudia M. Spirandelli Bulgarelli do Congresso Nacional de Prevenção em DST/HIV/AIDS/Hepatites Virais. O evento que se iniciou ontem, vai até o dia de 16 à 19 de junho, em Brasília DF.

Os trabalhos que serão apresentados serão: “Rompendo Barreiras da Hepatite C”, apresentado de forma oral pela enfermeira Maíra Rocha de Carvalho e “Jovens Informados Profissionais Conscientes”, apresentado pela dentista Patrícia A. Borges de Lima.

Programa Municipal DST/AIDS – Ambulatório Herbert de Souza
Rua Avelino Jorge Nascimento, 15 Roosevelt
Fone: 3215-2444

Fonte: Boletim da Saúde

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Doação de sangue


Doação de sangue será permitida para pessoas entre 16 e 68 anos
Segundo paramêtros da OMS, para manter os estoques regulares é necessário que 1% a 3% da população faça isso regularmente.


O Ministério da Saúde quer ampliar o número de doações de sangue no Brasil. Para isso, colocou em consulta pública, nesta quarta-feira, dia 2 de junho, proposta que permite que jovens de 16 a 17 anos (mediante autorização dos pais) e idosos de 65 a 68 anos possam ser doadores de sangue. Atualmente, somente pessoas com idade entre 18 e 65 anos estão autorizadas a doar. O texto da medida - que faz parte da nova Política de Procedimentos Hemoterápicos - pode ser lido na página do Ministério da Saúde e receber sugestões da população até o dia 2 de agosto.

terça-feira, 15 de junho de 2010

Plantas e malária


Solos da região amazônica são favoráveis à planta que cura malária
Espécie Artemisia Annua tem princípio usado no processo de fabricação de remédios para tratamento da malária


Áreas de solos férteis da região amazônica, como os solos de Várzea e, principalmente, a chamada Terra Preta de Índio, favorecem o plantio da espécie Artemisia annua L., cujo princípio ativo artemisinina é usado no processo de fabricação de medicamentos para o tratamento da malária.

Financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), o estudo foi desenvolvido como parte da dissertação do mestrando Jone Libório Uchôa Carneiro, do Programa de Pós-Graduação em Agricultura no Trópico Úmido (PPG-ATU) do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCT), sob a orientação do pesquisador da Coordenação de Ciências Agronômicas (CPCA) do Inpa, Newton Falcão.

A planta Artemisia annua L. é de origem asiática e foi introduzida no Brasil na década de 80. No Amazonas , a espécie foi estudada pelo pesquisador Pedro Melillo de Magalhães da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) em parceria com o Inpa , com a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e a Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias (Embrapa). Foi realizada uma série de experimentos com a planta nos ecossistemas da região.

A eficácia da planta Artemisia para o tratamento da malária já é comprovada cientificamente. Segundo Libório, o estudo serve como incentivo à fabricação do medicamento na região.

'Na Amazônia, essa planta servirá para reduzir os custos de produção desse medicamento e também será uma alternativa viável para as populações de regiões remotas, que precisam de longos dias de viagem para ter acesso ao tratamento da malária", disse.

Fonte: FAPEAM

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Frio


Frio provoca mais problemas respiratórios em crianças


A chegada do frio no sul e no sudeste do país aumentou a incidência de problemas respiratórios, principalmente em crianças e idosos.

Quando cai a umidade do ar e aumentam os índices de poluição, o nariz e boca ficam ressecados, o que reduz ainda mais as defesas do organismo. E como o organismo das crianças ainda não teve tempo para desenvolver imunidade contra vírus e bactérias que se espalham em baixas temperaturas, o inverno para elas torna-se mais complicado.

Em um hospital de São Paulo, o número de crianças atendidas por dia subiu de 120 para até 200. Gripes e resfriados lideram a lista dos problemas, mas é comum aparecerem também infecções de ouvido e de garganta.

De acordo com os médicos, o primeiro remédio para as crianças é o leite materno. Além disso, eles recomendam beber muito líquido, evitar locais fechados, aplicar soro fisiológico nas narinas e o mais importante: lavar as mãos frequentemente.

Fonte: www.portaldoconsumidor.gov.br

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Vacinação pólio



Amanhã é o dia de vacinar contra a paralisia infantil
Carolina Vilela | Repórter
repórter@correiodeuberlandia.com.br


Amanhã, em todo o Brasil, é o Dia D de vacinação contra a poliomielite. São duas gotinhas contra a paralisia infantil. Crianças até 4 anos e 11 meses de idade — faixa etária mais vulnerável à doença — devem ser levadas aos postos de atendimento munidas
do cartão de vacina. Vacinas atrasadas, inclusive a H1N1 para crianças de 2 a 4 anos, também estarão disponíveis.

e saiba os locais de vacinação clicando AQUI

Fonte: Jornal Correio

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Urgente





O Hemocentro Regional de Uberlândia registrou nos últimos dias queda de 50% no
comparecimento de doadores podendo comprometer o fornecimento de sangue para Uberlândia e região. Veja o release com as informações clicando aqui. Solicitamos o apoio para que a necessidade de caráter urgente dos tipos de sangue O Positivo e Negativo e A Positivo e Negativo possa ser divulgada entre os funcionários.

Hemocentro Regional de Uberlândia - (34) 3222-8801
Avenida Levindo de Souza, 1845 - Umuarama
Horário de Funcionamento: Segunda à Sexta-Feira: das 7às 11:30 hs
Segunda e Quarta-Feira das 7 às 11:30 e das 15 às 17 hs
Último sábado do mês: 7 às 11:30 hs

Mais informações: Setor de Captação de Doadores - (34) 3222-8801.

Agradecemos a costumeira ajuda.

Atenciosamente,
Ludmilla Abrão
Captação de Doadores

Divisa

(Traduzido de "Einladung zu einer Begegnung",
J.L.Moreno, pag 3, publicado em Viena, l.914)

Mais importante do que a ciência, é o seu resultado,
Uma resposta provoca uma série de perguntas.
Mais importante do que a poesia, é o seu resultado,
Um poema invoca uma centena de atos heróicos.

Mais importante do que o reconhecimento, é o seu resultado,
O resultado é dor e culpa.
Mais importante do que a procriação é a criança.
Mais importante do que a evolução da criação é a evolução do criador.
Em lugar de passos imperativos, o imperador.
Em lugar dos passos criativos, o criador.

Um encontro de dois : olhos nos olhos, face a face.
E quando estiveres perto, arrancarei teus olhos
E os colocarei no lugar dos meus;
E arrancarei os meus olhos
Para colocá-los no lugar dos teus
Então ver-te-ei com os teus olhos
E tu me verás com os meus.

Assim, até a coisa comum serve ao silêncio
E o nosso encontro permanecerá a meta sem cadeias:
Um lugar indeterminado, num tempo indeterminado
Uma palavra indeterminada para um homem indeterminado.


Nota do Blog da Saúde

Leia mais sobre J.L.Moreno

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Nutrição

IIª Chamada Nutricional do Programa Bolsa Família e Vigilância Alimentar e Nutricional de crianças será neste sábado (12/06)

O Programa Municipal de Nutrição da Secretaria Municipal de Saúde realizará neste sábado (12/06), a 2ª Chamada Nutricional de Beneficiários do Programa Bolsa Família na Saúde e SISVAN – Vigilância Alimentar e Nutricional das crianças menores de 5 (cinco) anos em Uberlândia.

Esta Chamada será realizada nas UAIs Luizote, Martins, Pampulha, Planalto, Roosevelt e Tibery no período da manhã, tendo como objetivos avaliar e reavaliar estes beneficiários, identificar menores de cinco anos em risco nutricional (desnutrição e sobrepeso), planejar ações de Vigilância Alimentar e Nutricional e de promoção da alimentação saudável, avaliar aspectos nutricionais de relevância para saúde pública tais como: o aleitamento materno e a alimentação complementar, atualizar e ampliar os dados da situação nutricional das crianças, levantar o índice de desnutrição em crianças menores de cinco anos que comparecerem nas UAIs e observar a tendência do baixo peso e sobrepeso em crianças menores de cinco anos.

Leia o Projeto na íntegra AQUI

Maiores informações:
Programa Municipal de Nutrição
Denize Dias Lopes – coordenação
Anexo da SMS – sala 102 Fone: 3253-5416

Fonte: Boletim da Saúde

Dia da família

Recebemos de Teresa Cristina Martins Silva, Gerente UBS Tocantins e repassamos. Mais uma vez as ações da UBS Tocantins demonstram o espírito de uma verdadeira equipe comprometida com a saúde coletiva. Parabéns a todos

"A UBS Tocantins em parceria com a agente de Saúde Escolar promoveu no dia da família da Escola de Educação Infantil Boa Vista ações de saúde que contaram com a participação da gerente Teresa Cristina, Enfeirmeira Deiber, técnica de enfermagem Eleuza, Assistente Social Solange, Agente de Saúde escolar Ângela, Agente Comuntária de Saúde Anaílda e com a Agente de Saúde do Zoonoses .

Durante todo o evento a "sala da saúde" contou com ações como imunização, bolsa família, orientação sobre planejamento familiar, serviços prestados na UBS e
demonstração de animais do Centro de Zoonoses. Tal evento foi de estrema importância pois pudemos colocar em prática o projeto "Agente de Saúde Escolar - Territórios Saudáveis" desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde."

Teresa Cristina Martins Silva
Gerente UBS Tocantins

Os olhos falam

Olhos podem revelar doenças

Fazer exames de vista ao menos uma vez por ano pode ser mais benéfico para a saúde do que se imagina. Além de problemas nos olhos, exames oftalmológicos de rotina podem identificar outros distúrbios. Entre eles, hipertensão, diabetes e anemia.

Segundo o oftalmologista Leôncio Queiroz, do Instituto Penido Burnier (Campinas,São Paulo), por meio da fundoscopia (exame de fundo de olho) é possível detectar distúrbios oculares e sistêmicos e até mesmo controlar a gravidade de várias doenças.

“O exame é feito com a pupila dilatada e uma lente que aumenta diversas vezes o nervo ótico, retina e vasos. Ele permite controlar a evolução de distúrbios, como hipertensão, diabetes, colesterol, doenças reumáticas e até tumores intracranianos”, afirma Queiroz.

Estudos realizados na Universidade Nacional de Cingapura e nas universidades de Sidnei e Melbourne (Austrália) comprovaram que problemas cardíacos podem ser detectados por meio da observação de danos nos vasos sanguíneos dos olhos.

Fonte: www.portaldoconsumidor.gov.br

terça-feira, 8 de junho de 2010

Comad

Imagem web

O Conselho Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas - Comad, promove nesta terça, 08/06, sua reunião ordinária às 18h30, no Auditório Cícero Diniz do Centro Administrativo de Uberlândia situado à Av. Anselmo Alves dos Santos, 600 - Santa Mônica.

Proposta de Pauta:

1) Discussão e aprovação da ata da reunião anterior(11/5/10);
2) Informes gerais;
3) Apresentação dos relatórios de reuniões da Comissão de Prevenção e Atenção à Família e Comissão de Apoio à Diretoria Técnica;
4) Apresentação de relatório sobre as entidades certificadas pelo Comad.

Maiores informações:
Fone: 3239-2418
3239-2976

Fonte: Boletim da Saúde

Mobilização Social

O Governo do Estado de Minas Gerais através da Diretoria da Gerência Regional de Saúde de Uberlândia, Daltro Catani Filho e Prefeitura Municipal de Uberlândia - Secretaria Municipal de Saúde convidam para o pré-lançamento do “I Festival Regional de Teatro de Mobilização Social – Dengue”, ocasião em que serão apresentadas as orientações para a formação da rede de Mobilização Social no combate à dengue por meio do teatro.

Data: 08 de junho de 2010 – terça-feira
Horário: 11h00 às 12h00
Local: Anexo da Secretaria Municipal de Saúde de Uberlândia – Av. João Naves de Ávila, 2202 – Santa Maria

Colesterol

Descoberto no cérebro 'controle remoto' para o regulamento do colesterol
Resultados do estudo apontam para um novo alvo potencial no controle farmacológico dos níveis de gordura no sangue


Foto: Divulgação/Univ. de Cincinnati
Pesquisadores da Universidade de Cincinnati revelaram que a circulação do colesterol é regulada no cérebro pelo hormônio sinalizador da fome, o ghrelin. Os resultados da pesquisa apontam para um novo alvo potencial no controle farmacológico dos níveis de colesterol.

"Por muito tempo, nós pensamos que o colesterol era regulado, exclusivamente, através da absorção dietética ou síntese e secreção pelo fígado", afirmou o líder do estudo, Matthias Tschöp (Foto ao lado do pesquisador).
"Nosso estudo mostra, pela primeira vez, que o colesterol também é orientado por um "controle remoto" em neurocircuitos específicos no sistema nervoso central".

O hormônio ghrelin inibe o receptor 4 da melanocortina (MC4R) no hipotálamo e é importante para a regulação da ingestão alimentar e gasto energético. Tschöp e sua equipe descobriram que o aumento dos níveis de ghrelin em ratos provocou o desenvolvimento de níveis elevados de colesterol no sangue circulante dos animais. Segundo os autores, isso ocorre devido a uma redução na absorção de colesterol pelo fígado.

A equipe de pesquisadores testou os efeitos de excluir, geneticamente, ou bloquear ,quimicamente, o MC4R no sistema nervoso central. Esse teste também apresentou níveis elevados de colesterol, sugerindo que MC4R foi o elemento central do "controle remoto".

"Ficamos chocados ao ver que desligando MC4R no cérebro, podemos até fazer com que colesterol injetado permaneça no sangue por muito mais tempo", disse Tschöp.

O colesterol é um tipo natural de gordura necessária para o corpo, mas muito colesterol pode levar à aterosclerose, o acúmulo de placas nas artérias.

Devido às diferenças na composição do colesterol de ratos e dos humanos, Tschöp e sua equipe afirmam que mais pesquisas são necessárias, antes que seus estudos possam ser aplicados diretamente aos seres humanos, mas eles salientaram que a descoberta contribui para um crescente corpo de evidências do controle direto exercido pelo sistema nervoso sobre o sistema de processos metabólicos essenciais.

Fonte: Isaude.net

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Arquivo

Confira arquivo de notícias da SMS no Portal de nossa Prefeitura de Uberlàndia
Clique AQUI

Se cuida

Tontura pode ser alerta para diabetes e hipertensão


De acordo com Marco Aurélio Bottino, chefe da otoneurologia do Hospital das Clínicas da FMUSP, ligado à Secretaria de Estado da Saúde, cerca de 450 pacientes são encaminhados, mensalmente, para a otoneurologia do HC, setor que trata a audição e o equilíbrio. “São pessoas com sintomas de tontura. Entretanto, em mais de 50% dos casos a causa dos transtornos ocorre por disfunções metabólicas, como diabetes, e vasculares, como hipertensão”, informa o especialista.

No HC, inicialmente é feita uma série de testes, que são chamados de exames otoneurológicos, para diagnosticar se o problema é no labirinto e o que o provoca. Além das causas mais frequentes, como alteração de açúcar no sangue e pressão arterial elevada, existem outros problemas que podem originar a tontura. Enxaquecas, tumores, labirintopatias propriamente ditas, como excesso de líquido em uma parte do labirinto, má-formação do labirinto e até problemas psicológicos podem ser algumas das razões.

Apesar de ser comum em idosos, a tontura pode atingir todas as idades e os sintomas podem ser variados. “Os sinais mais característicos são sensação de que a cabeça está rodando, zumbidos, náuseas, vômitos e queda da audição”, diz o médico. Marco Aurélio alerta que, se as pessoas estiverem com um desses sintomas, é necessário procurar um médico.

Quando diagnosticada a labirintite, a terapêutica varia de acordo com a causa. “Remédios para melhorar problemas do labirinto e da circulação sanguínea, intervenções cirúrgicas no caso de tumores no órgão, e exercícios físicos são alguns dos tratamentos”. Ele ainda ressalta que uma reeducação alimentar pode melhorar os sintomas e até prevenir futuros problemas no labirinto.

O otoneurologista lembra que muitas pessoas ainda se referem à labirintite como tontura. “O nome correto é labirintopatia, ou seja, são doenças típicas do labirinto e que nem sempre a tontura vai estar relacionada com esses problemas”, finaliza.



Fonte: www.saude.sp.gov.br

sábado, 5 de junho de 2010

Projeto Arte Móvel

Inscrições para participar do Projeto Arte Móvel Urbana começam dia 14 de junho

Os artistas interessados em participar do Projeto Arte Móvel Urbana podem se inscrever a partir de 14 de junho na Casa da Cultura, de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h. As inscrições também podem ser enviadas pelos Correios, via Sedex ou carta registrada para a Casa da Cultura (vide endereço no fim). O prazo termina no dia 30 de junho.

O artista deve apresentar um projeto inédito nas seguintes categorias: pintura (murais e painéis), escultura, objeto, outdoor, vídeo-projeção; fotografia; performance, happenings (apresentação com elementos improvisados), desenho, instalação, mídias contemporâneas, ativismo, sons.

O projeto prevê exposições e intervenções artísticas no espaço urbano de Uberlândia. De acordo com a secretária municipal de Cultura, Mônica Debs, o Arte Móvel Urbana estimula a reflexão sobre a arte envolvendo as experiências da cidade, pois são locais diferentes dos espaços institucionais.

Estão inclusos na programação workshop, oficina, mesa redonda com os artistas participantes e performances. Mais informações estão disponíveis na página da Cultura, no Portal da Prefeitura.

Endereço da Casa da Cultura: Praça Coronel Carneiro, n° 89, Bairro Fundinho, Uberlândia – MG, CEP: 38400-208.


Fonte: Portal PMU

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Novos produtos

Funed amplia fornecimento de novos produtos para o Sistema Único de Saúde
A economia será de aproximadamente 20% para o início da produção nacional do Donepezila e do Entecavir

A Fundação Ezequiel Dias (Funed) começará a desenvolver, a partir de agora, dois novos medicamentos estratégicos de alta complexidade e que em breve serão disponibilizados na rede do Sistema Único de Saúde (SUS): o EntecaVir, antiretroviral usado no tratamento da Aids, e o Donepezila, usado no tratamento de Alzheimer.

O acordo para investimento no desenvolvimento, aquisição e transferência de tecnologia para produção dos medicamentos foi assinado entre Funed, Ministério da Saúde e outros três laboratórios - Cristália, Microbiológica e Furp - durante a 13ª Reunião Ordinária do Grupo Executivo do Complexo Industrial da Saúde, realizada em São Paulo.

Hoje, esses produtos são oferecidos, gratuitamente, à população pelo SUS a um custo anual para o Ministério da Saúde de R$ 850 milhões. Com o início da produção nacional, a economia será de aproximadamente 20%. Minas Gerais, por meio da Funed, vai garantir o fornecimento do Donepezila e do Entecavir.

Para a produção do remédio para tratamento de Alzheimer (Donepezila), a Fundação dará início a um processo de transferência de tecnologia da empresa Cristália. A expectativa é que o primeiro lote, de aproximadamente três milhões de unidades, seja disponibilizado no segundo semestre de 2011. Outros três milhões serão oferecidos pelo laboratório farmacêutico oficial do Estado de São Paulo, a Furp, contemplando toda a demanda do Ministério.

Para o Entecavir, o primeiro lote prevê a entrega de 300 mil unidades também no final de 2011. Para esse item, a Funed estabeleceu uma parceria com a empresa Microbiológica e será a responsável pelo atendimento de toda a demanda do Ministério.

" Essas parcerias demonstram, mais uma vez, a competência e capacidade de Minas e da Funed de ampliar, continuamente, o fornecimento de produtos de qualidade à população, contribuindo efetivamente para a melhoria da saúde pública de nosso país" afirma o presidente da Fundação, Carlos Alberto Pereira Gomes.

Fonte: FUNED

P.D. do Serviço Social


Replicação da 1ª Oficina do Plano Diretor do Serviço Social


O Programa Municipal em Ações do Serviço Social, irá promover dia 07/06 no auditório do Anexo da SMS, a replicação da 1ª Oficina Introdutória sobre a implantação do novo modelo do Serviço Social na Atenção Primária à Saúde no Município de Uberlândia, do setor Sul.

A replicação terá como público alvo: Assistentes Sociais e Colaboradores do Centro Administrativo – SMS, Programas e Setores do Anexo-SMS, Programa de Imunização, CAPS Infantil e Saúde do Trabalhador - CEREST.

Na oportunidade, a equipe de facilitadores e de condução do PDAPS/Serviço Social irão apresentar as matrizes de competências do Serviço Social nas Redes Materno-Infantil, Saúde Mental e Urgência e Emergência e validação dessas matrizes, tendo como objetivos:

• Compreender os fundamentos sobre as redes de atenção em saúde;
• Descrever as competências do Serviço Social nas Redes Materno-Infantil, Urgência e Emergência e Saúde Mental.

A agenda das replicações do mês de junho do Setor Sul da 1ª Oficina do Plano Diretor do Serviço Social se encontra na Agenda Única da Saúde:

www.agendaunicasaude.blogspot.com


Maiores informações:
Programa Municipal em Ações do Serviço Social
Anexo da SMS – sala 106 – Fone: 3253-5432
Eleusa Rezende Costa Pereira Lima
Coordenadora de Ações em Serviço Social

Fonte: Boletim da Saúde

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Seminário

Seminário em Minas Gerais discute Educação Permanente em Saúde
Atualmente, o programa é realizado em 31 microrregiões do estado com 1.669 médicos organizados em 183 grupos do GAP




Para fomentar a Educação Permanente em Saúde, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES) realizou nesta terça-feira, 1º de junho, em Belo Horizonte (MG), o Seminário de Avaliação do Programa de Educação Permanente (PEP). Atualmente, o programa acontece em 31 microrregiões do estado, abordando 356 municípios. São 1.669 médicos organizados em 183 Grupos de Aperfeiçoamento da Prática (GAP), 84 Salas de Educação Permanente e oito escolas de medicina parceiras. A meta da SES é que o programa alcance, até dezembro de 2010, 55 microrregiões, 612 municípios, 3.188 médicos, 330 grupos, 12 escolas de medicina e 145 salas de educação permanente. Os recursos orçamentários para o programa são da ordem de R$ 11,5 milhões em 2010.

Outras ferramentas para a Educação Permanente são o Minas Telessaúde e o Canal Minas Saúde, que chegam a todos os profissionais de saúde que atuam nesse setor, totalizando cerca de quatro mil pontos de recepção, entre Unidades Básicas de Saúde, Gerências Regionais de Saúde e os Centros Viva Vida.

" Vivemos um fortalecimento na Atenção Primária, pois ela é o centro de todo o procedimento de Atenção à Saúde. No entanto, a visão estratégica com esse foco não se tornará realidade, se não considerarmos a capacitação dos profissionais, e Minas tem se destacado nesse trabalho" , ressaltou o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques.

Os médicos do Programa de Saúde da Família (PSF) de uma determinada microrregião são organizados em grupos de dez, que se encontram periodicamente para desenvolver atividades educacionais definidas, a partir das necessidades dos participantes e dos gestores. Cada médico dedica 16 horas por mês à proposta.

Fonte: Isaude.net

Vacinação prorrogada

Foto: Paulo Churrasquim


Vacinação contra gripe H1N1 é prorrogada até o dia 25 de junho


A Secretaria Municipal de Saúde prorrogou até o dia 25 de junho a campanha de vacinação contra a gripe H1N1, que seria encerrada nesta quarta-feira, dia 2.

“A partir de junho iniciamos a época mais fria do ano e no ano passado os casos de gripe H1N1 iniciaram nesta época e atingiram pico em agosto. Diante disso, resolvemos prorrogar o prazo”, disse Adenilson Lima e Silva, coordenador técnico da Rede Municipal de Saúde.

Segundo Adenilson Lima, quem não se vacinou e está nas faixas etárias estabelecidas pelo Ministério da Saúde deve procurar a Unidade de Saúde e postos volantes mais próximos de casa para receber a dose. “Principalmente as pessoas com idade entre 30 e 39 anos, público alvo que está muito abaixo da meta preconizada pelo Ministério, que é de 80%. É de interesse da Prefeitura de Uberlândia vacinar toda a população, no entanto temos que seguir as normas do Governo Federal”, ressaltou o coordenador.

Leia mais no Portal da PMU

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Convite

Recebemos de Ana Paula, com prazer repassamos. Um antigo sonho se faz. Se não ainda realizado, finalmente verdadeiramente encaminhado. Tudo para comemorar

Clique para ampliar

terça-feira, 1 de junho de 2010

História

Pesquisa de Oscar Virgílio vira um livro-referência sobre Uberlândia antes e depois da emancipação
Andréia Candido
Jornal Correio de Uberlândia


Com 122 anos de emancipação Uberlândia guarda histórias de épocas bem mais distantes que as contadas normalmente após o marco inicial. Os relatos, ricos em detalhes estão no livro “Das Sesmarias ao Polo Urbano: Formação e Transformação de uma Cidade” do escritor e ex-procurador geral do município Oscar Virgílio Pereira, de 77 anos.

A obra começou a ser escrita em 1975 e será lançada hoje, às 19h30 no Espaço Cultural do Mercado. Paralelo ao lançamento do livro haverá exposição de um conjunto de painéis com ampliações de documentos antigos e inéditos. Entre eles, um abaixo-assinado de 1857 com assinaturas legíveis dos antigos moradores que reivindicavam, na época, a criação de uma paróquia.