Secretaria Municipal de Saúde






Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência fora de seu controle.

Artigo Artigo XXV da Declaração Universal de Direitos Humanos



Saúde, Ciência, Pesquisa, Arte, Cultura, nossa gente da SMS, e o que mais possa interessar.



Organizado por William H Stutz

Veterinário Sanitarista

whstutz@gmail.com



Este Blog é independente, sem vínculo oficial com instituição alguma.
Todos
estão convidados a contribuir com informações de interesse coletivo.





terça-feira, 30 de novembro de 2010

Uberlândia contra a dengue



Divulgue

Se você tem um usuário no Twitter, siga a @prefeituraudi e dê RT nas dicas de combate aos focos do mosquito. Utilize a hashtag #UberlandiaContraDengue em suas mensagens.
Com o seu apoio, conseguiremos manter o mosquito longe de Uberlândia.

Material de divulgação do Programa Municipal de Combate à Dengue
Clique AQUI

Fonte: Portal PMU

Câncer de mama e estresse


Câncer de mama e estresse

Estudo identifica alta frequência de estresse pós-traumático em mulheres que receberam diagnóstico da doença e indica que sintomas podem adiar ou evitar o tratamento

Nota SAS

Recebemos da colega Silma Melo do Ministério da Saúde:
Ministério da Saúde renova acordo com indústria para melhorar alimentação dos brasileiros - Informa SAS

(Clique na imagem para ampliá-la)

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Luta Contra a Aids

Saúde promove o Dia Mundial de Luta Contra a Aids com atividades



Na próxima quarta-feira (1º), das 13h30 às 17h, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) vai promover várias ações para marcar o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, na praça Tubal Vilela. Profissionais do Programa Municipal DST/AIDS (Ambulatório Herbert de Souza) vão distribuir preservativos e material informativo sobre doenças sexualmente transmissíveis (DST), dar orientações educativas e fazer testes rápidos para diagnóstico de hepatite C.

Fontes:
Secretaria de Comunicação Social da PMU.
Boletim da Saúde


Clique aqui e leia mais no Portal da Prefeitura Municipal de Uberlândia

Mais informações:
Programa Municipal DST/AIDS - Ambulatório Herbert de Souza
Fone: 3215-2444

Informação e conhecimento

Rede de Informação e Conhecimento é certificada pela BVS

Serviço da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo recebe certificação de Biblioteca Virtual de Saúde pela Bireme

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Teatro Municipal

Foto Daniel Nunes
Publicado aviso de licitação para conclusão do Teatro Municipal de Uberlândia

Foi publicado na tarde desta quinta-feira (25), na edição especial de número 3547A do diário oficial do município, a concorrência pública nº 798/2010 do tipo “menor preço”, para a contratação de empresa de engenharia para a execução de obras e serviços complementares para a finalização do Teatro Municipal de Uberlândia.

“Essa semana eu estive com o conselheiro Eduardo Carone, do Tribunal de Contas do Estado e expus as razões, os motivos, e a necessidade da conclusão desta obra, que é muito importante para a cultura da nossa cidade, para nossas crianças e jovens. Houve um entendimento e hoje eu recebi do gabinete dele, uma autorização, permitindo que fosse publicado o aviso da licitação. Estou convencido de que estamos no caminho certo, e a partir desta sexta-feira (26) depois de publicado o aviso de licitação nos jornais de grande circulação, o edital começa a valer e correr prazo”, explicou o prefeito Odelmo Leão.

Combate à Dengue

Foto: Daniel Nunes
Prefeito Odelmo Leão lança Programa Municipal de Combate à Dengue


O prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão, reuniu na manhã desta sexta-feira (26), no auditório Cícero Diniz, no Centro Administrativo Municipal, diversas autoridades, representantes de órgãos públicos, entidades comunitárias e empresariais, entre outros convidados, para apresentar o Programa Municipal de Combate à Dengue.

O lançamento foi marcado pela assinatura de um projeto de lei à Câmara Municipal que visa a estabelecer medidas para evitar a formação de criadouros dos mosquitos transmissores da dengue. Também foram apresentados os principais números das ações de controle e combate à dengue que a prefeitura realizou nos últimos anos por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

Segundo Odelmo Leão, embora o Município tenha alcançado bons resultados com a execução das ações, é necessário intensificar os cuidados por conta da atual situação da dengue no país. No mês de setembro, o Ministério da Saúde divulgou um total de seis novos casos de dengue tipo 4 no estado de Roraima, totalizando 10 casos confirmados.

Com o projeto de lei, Odelmo Leão espera que a cidade conte com um mecanismo a mais para inibir a proliferação dos mosquitos transmissores. “Geralmente realizamos uma reunião como essa no mês de fevereiro, mas os indicativos nacionais nos levaram a convocar toda a sociedade para nos unirmos ainda mais para evitar que esse mal ganhe força aqui. A prefeitura tem feito a sua parte durante todos esses anos e continuará fazendo, tendo um instrumento legal que mostre a toda e qualquer pessoa, pública ou privada, a sua responsabilidade no combate à dengue“, disse Odelmo Leão.

Uberlândia contra a dengue

Uberlândia contra a dengue
Ajude a exterminar o mosquito da dengue!

Programa Municipal de Combate à dengue



Foto Boletim da Saúde
A Prefeitura de Uberlândia (PMU) trabalha durante o ano inteiro para manter sob controle um dos maiores problemas de saúde pública mundial: a dengue. Isso acontece porque o clima quente e úmido, típico das regiões tropicais, é favorável para a proliferação mais rápida do mosquito transmissor (Aedes aegypti) nos centros urbanos.

De janeiro até novembro de 2010, a PMU desenvolveu mais de dois milhões de medidas para eliminar os focos do mosquito. Essa missão conta com a colaboração de 479 agentes de saúde do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). “A Administração Municipal tem consciência que é um trabalho permanente e que a dengue é uma doença perigosa, por isso não descansamos um minuto no combate ao mosquito. O poder público vem fazendo a sua parte e contamos sempre com a colaboração de toda a sociedade nessa força-tarefa”, afirmou o prefeito Odelmo Leão.

Nas visitas aos domicílios e comércios é feito um trabalho preventivo e de tratamento com veneno nos locais. Até novembro deste ano, foram mais de um milhão de visitas. O trabalho realizado juntamente com as imobiliárias também tem contribuído para reduzir os focos, já que os agentes têm condições de fazer vistorias em alguns imóveis fechados da cidade.

Outro número expressivo é o de vedação de caixas d’água. Desde o início do projeto, em 2007, até este mês, 14 mil reservatórios sem tampa foram vedados, o que diminuiu a existência dos focos permanentes.

O cadastro de todas as borracharias da cidade possibilitou que os agentes fizessem a coleta de mais de 220 mil pneus velhos só neste ano.

Outra ação importante foi o recadastramento de todos os ferros-velhos. Os estabelecimentos recebem tratamento com larvicida e adulticida.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Educação Médica


III Evento de Educação Médica irá capacitar profissionais da Saúde em doenças reumáticas

Será realizado dia 27/11 no anfiteatro Cícero Diniz do Centro Administrativo, das 8h30 às 12h00 o III Evento de Educação Médica Continuada em Reumatologia, destinado ao profissionais de Saúde que atuam na Rede Pública, no manejo das principais doenças reumáticas e na valorização do paciente reumatológico.


quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Curativo

Foto: Divulgação/Instituto Fraunhofer

Novo material para curativo indica presença de infecção em feridas
Abordagem se baseia em um corante indicador que reage a diferentes valores de pH e está interligado a um curativo e ao gesso

Novo curativo desenvolvido por pesquisadores do Instituto Fraunhofer

Cientistas do Instituto Fraunhofer, na Alemanha, estão desenvolvendo um novo material com corante para curativos que indica mudanças patológicas na pele. Segundo os pesquisadores, se uma infecção estiver presente, a cor do curativo muda de amarelo para roxo, baseado nos diferentes valores de pH presente na ferida.

"Nós desenvolvemos um corante indicador que reage aos diferentes valores de pH, e nós o integramos a um curativo e ao gesso. Uma pele saudável e feridas curadas normalmente mostram um valor de pH abaixo de 5. Se esse valor aumenta, ele está mudando da faixa ácida para a alcalina, o que indica complicações na cicatrização da ferida", explicou a pesquisadora Sabine Trupp.

Se o valor de pH está entre 6,5 e 8,5, uma infecção está frequentemente presente e a faixa de cor do indicador fica roxa. Através da reação química, o material inteligente torna possível verificar regularmente as feridas do lado de fora sem interromper o processo de cura.

Um protótipo do curativo já foi produzido e testes iniciais se mostraram eficazes. O próximo passo, de acordo com os pesquisadores, será usar o curativo em um ambiente hospitalar da Clínica Dermatológica da Universidade de Regensburg.

Fonte: Isaude.net

Mobilizar sempre

Prefeitura de Uberlândia realiza atividades educativas no Dia Nacional de Mobilização Contra a Dengue



Neste sábado (20), mais de 300 agentes do Programa Municipal de Controle da Dengue circularam pelos principais cruzamentos, terminais, unidades de saúde, supermercados e feiras livres da cidade para chamar a atenção da população sobre os perigos da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. A atividade fez parte do Dia Nacional de Mobilização Contra a Dengue e também contou com apresentações culturais e stands informativos.

“Ao longo da história da doença, temos percebido a necessidade da mobilização social, do envolvimento da comunidade. Apesar de realizarmos diversas ações em Uberlândia durante o ano, decidimos investir também em trabalhos que sensibilizem ainda mais a população para a prevenção da dengue. Queremos envolver as pessoas e fazê-las mudar de atitude, pois quando elas se conscientizam, ajudam a evitar os focos e a acabar com dengue”, explicou coordenador do Programa Municipal de Controle da Dengue, José Humberto Arruda.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Contra a dengue

Repassando importante convite, anote em sua agenda.
Clique no convite para ampliá-lo

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Animais peçonhentos

Nosso Laboratório de Animais Peçonhentos está agora no Google Maps
Clique em no mapa abaixo para detalhes


Exibir mapa ampliado

Lesão labiopalatal


Lesão labiopalatal será discutida em encontro
Programa municipal tenta acabar com o preconceito em torno de pessoas que têm a má-formação
Da Redação
Jornal Correio de Uberlândia


Na próxima quinta-feira, às 19h, será realizada no auditório Cícero Diniz, a 2ª edição do Encontro de Atenção Integral ao Paciente com Lesão Labiopalatal. O evento é promovido pelo Programa Municipal Fissura Labiopalatal e reunirá pacientes, familiares e profissionais da saúde para discutir propostas diferentes de vida. As palestras serão dadas pela assistente social e terapeuta de família Maria Paula Algodol de Almeida.

“Queremos continuar a promover uma discussão sobre este assunto e fazer com que a sociedade, a família e os próprios pacientes entendam que a fissura labiopalatal não faz ninguém deficiente. Quem tem esta má-formação congênita é uma pessoa normal. Nosso intuito é acabar com o preconceito, promovendo o trabalho feito pela Prefeitura de Uberlândia e oferecendo mais informação sobre o tema”, disse Regina Helena Justino Mahlalela, coordenadora do Programa Municipal Fissura Labiopalatal.

Conexões perigosas

Imagem: Consciência dia-a-dia


Mais de três horas de conexão na web põem jovens em risco de saúde

Um estudo da Faculdade de Medicina da Universidade Case Western Reserve, em Ohio, Estados Unidos, apontou que adolescentes que passam muito tempo trocando mensagens de texto ou conectados à internet estão mais propensos a problemas de saúde.

A equipe de pesquisadores relacionou o uso das tecnologias com hábitos prejudiciais à saúde como alcoolismo e tabagismo e concluiu que os jovens que passam mais de três horas por dia na frente do computador ou conectados à internet do celular, chamados pelo estudo de "hipertexteadores", estão mais vulneráveis a vícios e problemas de saúde.

O diretor da Faculdade, Scott Frank, comandou a aplicação da pesquisa com 4.257 adolescentes, realizada numa pequena vila do oeste americano e apresentou as conclusões nesta terça-feira, na reunião Anual da Associação Americana de Saúde Pública, em Denver (Colorado).

A análise de dados apontou que os "hipertexteadores" são 40% mais propensos a fumar e duas vezes mais propensos a ingerir álcool em relação aos adolescentes que não compartilham do mesmo hábito.

O grupo também tem 41% a mais de probabilidade de ter usado drogas ilícitas e 55% a mais de probabilidade de ter se envolvido em brigas físicas.

Do total, 11,5% dos estudantes entraram na categoria de "hipernavegantes da rede", e 22,5% indicaram que não se conectavam às redes sociais.

"Os resultados são surpreendentes e mostram a importância de impor limites para os adolescentes", concluiu Frank.

Fonte: Portal do Consumidor

Comida natural ?

Comida natural nem sempre é melhor

É preciso comer 425 tomates por dia para conseguir quantidade significativa de uma substância que ajuda a controlar o colesterol. Ou então, duas colheres de creme vegetal enriquecido com a substância

A comparação é do pesquisador Gert W. Meijer, que não por acaso é o vice-presidente de Nutrição e Saúde da Unilever. Segundo ele, comida industrializada pode ser melhore do que natural.

"Alimentos processados mantêm um padrão de qualidade e têm rótulos com informações sobre seus ingredientes e nutrientes", disse.

Outra vantagem, de acordo com Meijer, é a segurança e a conservação. "O alimento in natura pode estar contaminado por bactérias e fungos. Além disso, logo após a colheita, eles começam a perder qualidade nutricional."

Não é só a indústria que vê vantagens nos processados. Para a nutricionista Cynthia Antonaccio, da Equilibrium Consultoria, natural também não é sinônimo de saudável.

"É preciso esquecer a ideia de que todo alimento natural é saudável e todo industrializado é ruim. O açúcar da cana faz mal a diabéticos e o leite integral e os queijos caseiros têm gordura saturada."

Alguns processados concentram nutrientes presentes em pouca quantidade em frutas, verduras e legumes. Há cereais com adição de vitaminas e cremes vegetais com fitoesterois e ômega 3.

"Às vezes, a industrialização deixa o produto mais palatável. É o caso de alguns cereais e bebidas à base de soja", diz Antonaccio.

Segundo o médico nutrólogo José Alves Lara Neto, membro da Associação Brasileira de Nutrologia, é muito mais fácil pensar em boa alimentação com produtos industrializados saudáveis.

"Poucas pessoas conseguem planejar o cardápio e ingerir porções ideais de proteínas, carboidratos, frutas, legumes e verduras."

Fonte: BrasilSUS - Editoria de Arte/Folhapress

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Mobilização Contra a Dengue

(Foto: Paulo Churrasquim)


Sábado (20) é Dia Nacional de Mobilização Contra a Dengue

Neste sábado (20), quem passar pela praça João Jorge Cury, no Roosevelt, entre às 7h30 e 13h30, poderá participar de diversas atividades realizadas para marcar o Dia Nacional de Mobilização Contra a Dengue. O evento é realizado em Uberlândia pelo Programa de Controle da Dengue, da Secretaria Municipal de Saúde. O objetivo é sensibilizar e mobilizar a população para se prevenir contra a dengue e os perigos da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Além de apresentações culturais e de stands informativos, agentes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), irão circular nos principais cruzamentos da cidade com o intuito de orientar a população.

Indice de infestação cai para 0,6%

O Levantamento Rápido de Índices de Infestação para Aedes aegypti (LIRAa), realizado em Uberlândia no período de 19 a 21 de outubro de 2010, apontou queda na infestação, que está em 0,6%. Na última pesquisa realizada em abril, o percentual era de 0,7%. Os dados demonstram o sucesso das ações de combate à denque no município, já que o índice está abaixo do preconizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) que é de 1%.

Sem Tabaco

Foto: Wilson Dias/ABr
Exposição de cigarros nos pontos de venda influencia no tabagismo
64% da população é favorável à opinião de que “os cigarros devem ficar escondidos da visão do público em geral”

Exposição da Campanha do Dia Mundial sem Tabaco

Pesquisa da Aliança de Controle do Tabagismo (ACT), encomendada ao Instituto Datafolha, mostra que a maioria da população brasileira concorda que a exposição dos cigarros nos pontos de venda (PDV) tem influência no tabagismo, tanto para crianças e adolescentes, como para os adultos. Os dados apontaram que 74% dos entrevistados acham que a exposição dos cigarros influencia a iniciação de crianças e adolescentes, enquanto que 66% acreditam que influencia na compra de cigarros por adultos, sendo que 54% dos que responderam eram fumantes.

De forma coerente, a maioria da população, 64%, é favorável à opinião de que " os cigarros devem ficar escondidos da visão do público em geral" . Mesmo entre os fumantes, essa posição tem adesão da maior parcela (51%). Os fumantes leves, de até 10 cigarros por dia, são mais favoráveis ao " ocultamento" das marcas de cigarros, enquanto os fumantes pesados discordam: 45%.

Apenas 26% dos entrevistados concordam com a exposição dos cigarros de forma visível nos PDVs, da forma como é feita atualmente.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Mapa da dengue

Saúde divulga novo mapa de infestação pelo mosquito da dengue e lança campanha nacional de combate à doença
Campanha nacional enfoca a gravidade da dengue e a necessidade de envolvimento rotineiro de governos e da população no combate ao Aedes aegypti


Nova avaliação nacional das informações sobre infestação por larvas do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, revela que 15 municípios estão em risco de surto da doença no Brasil, incluindo duas capitais. São 11 no Nordeste, três no Norte e um no Sudeste (veja abaixo). Isso significa que, nessas cidades, mais de 3,9% dos imóveis pesquisados apresentam larvas do Aedes aegypti. Outros 123 municípios, dos quais 11 capitais, estão em situação de alerta (veja abaixo). Neles, entre 1% e 3,9% dos imóveis analisados registram infestação. E 162 cidades apresentam índice satisfatório, abaixo de 1%.

Este é o resultado parcial do Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) 2010, apresentado nesta quinta-feira (11) pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão. A metodologia permite identificar onde estão concentrados os focos do mosquito em cada município. Neste ano, 425 cidades estavam programadas para participar do LIRAa. Ano passado, foram 169. Do total de municípios previstos para este ano, 300 já enviaram as informações ao Ministério da Saúde, até o momento. Em outras 118 cidades, o estudo está em andamento – e sete inicialmente previstas decidiram não realizar o levantamento.

A divulgação do LIRAa 2010 é simultânea ao lançamento da Campanha Nacional de Combate à Dengue para reforçar o alerta que vem sendo feito pelo do Ministério da Saúde desde setembro, quando foi lançada a ferramenta Risco Dengue (leia mais abaixo). Este ano, a campanha aumentará o tom de alerta, com o testemunho de pessoas que tiveram dengue e lembrando as que morreram em decorrência da doença.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Doença Falciforme

(Foto: Daniel Nunes)

III Semana de Doença Falciforme

O Programa Municipal de Atenção Integral à Doença Falciforme, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realiza a partir da próxima quarta-feira (hoje, às 13h, no auditório Cícero Diniz, a “III Semana de Doença Falciforme”. O evento acontece até dia 19 e traz palestras, lançamentos, cursos e apresentações culturais.

“Estamos na terceira edição e nosso intuito é continuar a promover uma ampla discussão sobre este tema. Ao disseminar informações relativas à doença, tanto para a população quanto para profissionais de Uberlândia e região, fazemos com que pessoas passem a conhecer a falciforme e todas as formas de tratamento. Assim elas podem detectar a doença e ter muito mais qualidade de vida”, explicou a coordenadora do Programa de Atenção Integral às Pessoas com a Doença Falciforme, Clenize Resende.

Educação e prevenção

Diversas atividades estão programadas. No dia 17, a comunidade poderá conferir as palestras “Fisiopatologia da Doença Falciforme”, com Paulo Henrique Ribeiro de Paiva, do Hemocentro Regional de Uberlândia/ Fundação Hemominas e “Programa Brasileiro para Doença Falciforme”, com Joyce de Aragão, do Ministério da Saúde. “Traremos estas e outras duas apresentações na abertura do evento. E para reafirmar a importância da Semana, preparamos uma novidade: o lançamento de um gibi que será entregue aos alunos do ensino fundamental. A publicação conta a história de uma criança que é portadora da doença e mostra aos leitores como é o dia-a-dia de quem tem falciforme”, expôs a coordenadora.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Fotos inauguração HMM

Veja AQUI as fotos da inauguração do Hospital e Maternidade Municipal

Medalha Mérito da Saúde

Combate à dengue

Combate à dengue será permanente em MG
Governo lança amanhã Programa Estadual de Controle Permanente para doença

Da Agência Minas

Jornal Correio de Uberlândia


O governador Antonio Anastasia lança, nesta quarta-feira (17), na Cidade Administrativa, o Programa Estadual de Controle Permanente da Dengue. Trata-se de um conjunto inédito de ações, reunindo o esforço do Governo de Minas, Exército, prefeituras e sociedade no enfrentamento à ameaça de uma grande epidemia da doença no Estado.

Levantamento feito pelo Ministério da Saúde indicou a morte de 592 pessoas vítimas da dengue este ano no Brasil, um aumento de 89,7% em relação a 2009, quando foram registrados 312 óbitos.

Durante o lançamento do programa, o governador anunciará investimentos na mobilização das pessoas, compra de equipamentos, veículos e na criação de uma grande Força Tarefa treinada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) no combate aos focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença.

O governador também assinará novas medidas para diminuir a propagação da dengue, principalmente a partir do combate aos focos em órgãos públicos, comércio, indústria e canteiros de obras.

Serviço:
Evento: Lançamento do Programa Estadual de Controle Permanente da Dengue
Local: Auditório JK – Cidade Administrativa
Data: 17/11
Horário: 11h

UBS Guarani

Recebemos de Andreia Soares Melo Assistente Social e Fernanda Zanatta, Enfermeira. Repassamos fotos da semana do Diabetes, na UBS Guarani.

Clique na foto para ampliar

UTI do Hospital Municipal

Recebemos Via Twitter foto de Rosalina Vilela . É com prazer que aqui reproduzimos. Imagem da bela estrutura da UTI de nosso Hospital Municipal. Registro para a história


Hospital inaugurado!

Hospital e Maternidade Municipal de Uberlândia é inaugurado







Um marco para a história de Uberlândia. Na noite desta segunda-feira (15), foi inaugurado o Hospital e Maternidade Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro. Mais de 700 pessoas participaram da cerimônia, que contou com a presença de autoridades políticas, como o governador de Minas Gerais, Antônio Anastásia, o prefeito Odelmo Leão, o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge Souza Marques e o secretário municipal de Saúde, Gladstone Rodrigues da Cunha. A comunidade também esteve presente, assim como representantes do poder judiciário, profissionais da saúde e funcionários públicos.

O prefeito e o governador assinaram o termo de autorização para providências preparatórias para o início das atividades operacionais do Hospital. Também realizaram a entrega do troféu de Acreditação da Unidade de Atendimento Integrado (UAI) São Jorge, e homenagearam o funcionário Cláudio Paes de Almeida, da Secretaria Municipal de Obras, pelo empenho na concretização da obra. O prefeito ainda fez a entrega de uma placa em homenagem ao Governador.

Em sua primeira visita oficial à Uberlândia depois de reeleito, Antônio Anastasia disse estar muito satisfeito por participar da inauguração, fruto da parceria do Governo do Estado e Prefeitura. “Vim aqui testemunhar a entrega desta obra grandiosa ao povo de Uberlândia. Aqui estive quando esta obra se iniciou, quando os primeiros passos foram dados neste terreno. Saliento a parceria entre Aécio e o prefeito Odelmo, que trabalharam em cumplicidade para seguir com este projeto visionário. Esta parceria tem se desdobrado não só na área da saúde, mas em todos os segmentos da política pública, que é a social, a econômica e a de infraestrutura. Esta é uma parceria que deu certo, que dá certo e que continuará dando certo nos próximos anos, entre nosso governo do Estado e esta cidade, que é a segunda maior de Minas Gerais. Fico muito honrado, alegre e satisfeito por estar na entrega desta obra monumental”, destacou o governador.

Hospital Municipal




Prefeito Odelmo Leão apresenta Hospital e Maternidade Municipal para a imprensa de Uberlândia

Na manhã desta segunda-feira (15), o prefeito Odelmo Leão e o secretário municipal de Saúde, Gladstone Rodrigues da Cunha, receberam mais de 60 jornalistas e representantes de empresas de comunicação no Hospital e Maternidade Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro, localizado no bairro Jardim Botânico, zona sul de Uberlândia.

Durante pouco mais de duas horas, os profissionais da mídia percorreram os 20 mil m² de área construída do local e conheceram diversos setores. “Tudo aqui foi feito com muito carinho, em respeito às pessoas de nossa cidade. Trouxemos a imprensa aqui para mostrar o resultado de tanta dedicação. Creio que ela será uma grande parceira na divulgação e orientação deste trabalho à população, uma vez que este hospital foi construído para servir a todos com qualidade”, expôs o prefeito Odelmo Leão.

Ao caminhar pelo eixo público, área de livre circulação, os convidados fizeram a primeira parada no setor de imagem. “As imagens feitas aqui poderão ser vistas em qualquer unidade de saúde de Uberlândia, já que tudo será digitalizado. Desta maneira, o médico terá acesso não só ao laudo, mas também ao exame completo. Por isso reforço a ideia de que este empreendimento serve de modelo para Minas Gerais. Antes mesmo de começar a funcionar, é referência para diversos administradores de cidades do nosso estado”, apontou Gladstone Rodrigues, secretário municipal de Saúde.



Confira fotos do Hospital Municipal (Jornal Correio de Uberlândia ) AQUI


Fonte: - Jornal Correio


sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Parada dengue 2010


O Centro de Controle de Zoonoses, através do programa de Controle da Dengue, vem através deste convidar a toda população para participar da “PARADA DENGUE 2010” – NÃO DEIXE A DENGUE VENCER ESSA PARADA, que ocorrerá no dia 13/11/2010, a partir das 08:00 hs da manhã, com concentração dos participantes na Praça Clarimundo Carneiro, Centro de Uberlândia.

Vale ressaltar a importância das ações de mobilização social como principal forma de se realizar a prevenção da doença, e assim da participação popular no combate aos criadouros do mosquito. Venha, chame os amigos e familiares. Contamos com sua participação.

Atenciosamente

José Humberto Arruda
Programa de Controle da Dengue

Adalberto de A. Pajuaba Neto
Centro de Controle de Zoonoses


Abaixo o convite:



quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Saúde mental


Repensar a esquizofrenia

Nature destaca em editorial e três artigos o conhecimento acumulado a respeito da esquizofrenia e os desafios em busca do melhor entendimento e de tratamentos para o transtorno

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Carbono Neutro

Foto: Araípedez Luz p10

Córrego Mogi ganhará plantas nativas do Cerrado

Nesta quinta-feira (11), às 8h30, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente realizará, em parceria com a Polícia Federal, o plantio de 200 mudas de plantas nativas do Cerrado na margem esquerda do Córrego Mogi. O trecho fica nas proximidades da rua Cyro Avelino Franco, entre as ruas Aruã e Coronel Ernesto Rodrigues da Cunha, no bairro Jardim Karaíba. O cultivo faz parte do “Programa Carbono Neutro”, criado pela Polícia Federal em 2008 para conscientizar a população sobre a importância da preservação do meio ambiente.

A ação propõe a compensação do gás carbônico e reconstituição da mata que está às margens do córrego. “O Córrego Mogi foi escolhido para receber mais de 50 espécies nativas do Cerrado, com o objetivo de recuperar a flora nativa, para revegetar as margens e propiciar a reintrodução da fauna. Este tipo de trabalho é muito importante, pois contribui para a preservação e manutenção dos recursos naturais de nossa cidade”, explicou Raquel Rocha, assessora de Meio Ambiente.

De acordo com Raquel Rocha, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente será responsável pela coordenação do plantio. “Profissionais do Núcleo de Educação Ambiental e do Horto Municipal ajudarão durante o plantio, que será feito por estudantes da Escola Maria de Nazaré e policiais. Além de reflorestar o Córrego, queremos que esta iniciativa conscientize as futuras gerações e mostre o valor que nosso meio ambiente tem”, apontou.

Confira as espécies que serão plantadas na margem esquerda do Córrego Mogi: ipê-branco, ipê-roxo, ipê-rosa, são gonçalo, paineira do campo, murici, cagaita, açoita cavalo, pimenta de macaco, guatambu, nó de cachorro, pinha de guará, bálsamo, amora, jacarandá, farinha seca, sucupira branca, tamboril, sucupira preta, mamica da cadela, embiriçu, angelim do cerrado, angico, araticum, aroeira, pau santo, pau terra, peito de pomba, pata de vaca do cerrado, olho de cabra, mamica de porca, leiteiro preto, jerivá, guajibú, jequitibá, assapeixe, ingá, sangra d’água, uvaia, embaúba, buriti, pororoca, tarumã, gameleira, pinha do brejo, pau pombo, landim, chá de bugre, pindaíba e pariparoba.

Fonte: Portal PMU

Técnica intraóssea

Foto: Antoninho Perri/Unicamp

Técnica intraóssea garante controle da dor em tratamento de canal
Testes feitos no Cecom da Unicamp mostram que anestesia intraóssea foi eficaz em 96,8% dos pacientes

Na foto ao lado: O endodontista Leandro Augusto Pinto Pereira durante tratamento de canal

O tratamento dentário de canal ou endodôntico não precisa mais ser tão doloroso quando há uma inflamação no dente. Uma pesquisa realizada no Centro de Saúde da Comunidade (Cecom) da Unicamp testou a técnica intraóssea em 60 pacientes com inflamação pulpar em molares inferiores, que são os dentes mais difíceis de serem anestesiados. Utilizar a técnica anestésica intraóssea garantiu o controle total de dor em 96,8% dos pacientes. Ou seja, propiciou um tratamento livre do incômodo das dores tão temidas pelos pacientes, uma vez que as técnicas tradicionais alcançam, apenas, em torno de 60% de eficácia.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Blues Sesc

Hospital Municipal

Hospital Municipal será inaugurado na próxima semana

Considerado o melhor hospital público do país, o Hospital e Maternidade Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro, será entregue a população de Uberlândia, no dia 15 de novembro. A obra e a aquisição dos equipamentos é resultado de uma parceria entre o Governo do Estado e o Município, firmada em junho de 2007. O Hospital Municipal ocupa uma área de 55 mil metros quadrados, localizados no bairro Jardim Botânico, zona sul de Uberlândia.

O projeto arquitetônico que tem surpreendido os visitantes, é de autoria do arquiteto e médico Domingos Fiorentini, que acumula mais de 40 anos de experiência e já projetou mais de 500 hospitais em todo o Brasil. A unidade foi concebida de maneira que o consumo dos recursos energéticos e humanos sejam minimizados durante as operações. O objetivo é, além de economizar energia, recursos humanos e materiais, melhorar a qualidade, o controle das atividades e eliminar desperdícios e ociosidades.

O hospital é dotado de dois sistemas hidráulicos que possibilitam economia de 50% de sua água potável por meio da reciclagem. O consumo de oxigênio e de eletricidade no hospital é racionalizado, pois conta com geração 100% própria. São 20 mil metros quadrados de área construída, onde os pacientes terão o que há de mais moderno em infraestrutura e equipamentos. No telhado, a telha “sanduíche” com isolante térmico e acústico, reduz o calor. As janelas possuem venezianas em PVC, o que permite o máximo aproveitamento da iluminação e ventilação naturais, dispensando o uso do ar condicionado em boa parte do hospital. Para evitar acidentes, foram instaladas portas removíveis nos banheiros, que facilita sua abertura através de uma alavanca externa caso o paciente se sinta mal.

O nome do Hospital foi aprovado por meio de um projeto de lei na Câmara Municipal, em homenagem ao médico pediatra, Dr. Odelmo Leão Carneiro, que, por mais de 50 anos, exerceu a sua nobre profissão em Uberlândia com competência, dedicação e espírito de solidariedade humana.