Secretaria Municipal de Saúde






Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência fora de seu controle.

Artigo Artigo XXV da Declaração Universal de Direitos Humanos



Saúde, Ciência, Pesquisa, Arte, Cultura, nossa gente da SMS, e o que mais possa interessar.



Organizado por William H Stutz

Veterinário Sanitarista

whstutz@gmail.com



Este Blog é independente, sem vínculo oficial com instituição alguma.
Todos
estão convidados a contribuir com informações de interesse coletivo.





terça-feira, 18 de outubro de 2011

População protegida


Mais de 470 mil pessoas foram imunizadas neste ano em Uberlândia

Uma alimentação equilibrada e a prática de atividades físicas não são os únicos critérios necessários para quem quer manter a saúde em dia. Especialistas garantem que o sistema imunológico também precisa de atenção especial. Nesta segunda-feira (17), é comemorado o Dia Nacional da Vacinação, data que reforça a necessidade de cuidar da saúde de modo integral.

São as vacinas que ajudam o organismo a constituir uma barreira de proteção por meio da produção dos anticorpos. Por esta razão, a imunização é uma ferramenta de saúde pública indispensável. Em Uberlândia, o Setor de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde realiza um trabalho contínuo, com ações pautadas na promoção da qualidade de vida.

De janeiro a setembro de 2011, mais de 470 mil crianças, adolescentes, gestantes, adultos e idosos foram imunizados contra sarampo, poliomielite, hepatite B, meningite, gripes sazonal e H1N1, dentre outros, na cidade. Trabalho que demonstra a preocupação da administração municipal com a promoção da saúde e o bem-estar da população.

“A união dos esforços da comunidade e do poder público foi imprescindível para o controle e erradicação de várias doenças no Brasil, em Minas Gerais e no nosso município. Quando pensamos na prevenção, o resultado é sempre positivo e traz benefícios para todo mundo”, expôs Maria Aparecida dos Santos, coordenadora da Central de Imunização.

Além de disponibilizar doses gratuitas nas 60 unidades de Saúde do município, postos volantes são instalados em praças, supermercados e terminais de ônibus durante as campanhas previstas no calendário oficial e realizadas no decorrer do ano. Iniciativa que facilita o acesso da comunidade ao serviço disponibilizado pela Prefeitura Municipal e garante total cobertura das metas preconizadas pelo Ministério da Saúde.

“As pessoas precisam se lembrar que algumas doses requerem atualização, como a da febre amarela, que deve ser tomada de dez em dez anos. Além disso, existem os reforços da difteria e tétano, bem como a da gripe sazonal. Daí a importância de manter o cartão de vacina atualizado e acompanhar as camhttp://www.blogger.com/img/blank.gifpanhas”, apontou a coordenadora.

Imunização em números (de janeiro a setembro de 2011):
Crianças: 243.549 imunizadas
Adultos: 227.788 imunizados
Total: 471.337 imunizados

Vacinas BCG (bacilo de Calmette e Guérin), Rotavírus, Pneumo 10, Meningite C, Poliomielite, Tetravalente, Difiteria, Tétano e Coqueluche (DTP), Sarampo, Hepatite B, Triviral, Dupla Bacteriana, Febre Amarela, Anti-Rábica, Gripe, dentre outras.

Fonte: Portal PMU