Secretaria Municipal de Saúde






Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência fora de seu controle.

Artigo Artigo XXV da Declaração Universal de Direitos Humanos



Saúde, Ciência, Pesquisa, Arte, Cultura, nossa gente da SMS, e o que mais possa interessar.



Organizado por William H Stutz

Veterinário Sanitarista

whstutz@gmail.com



Este Blog é independente, sem vínculo oficial com instituição alguma.
Todos
estão convidados a contribuir com informações de interesse coletivo.





segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Atenção Domiciliar

Hospital e Maternidade Municipal oferece Serviço de Atenção Domiciliar



A recuperação de um trauma, cirurgia ou enfermidade pode ser mais eficaz quando o paciente tem a possibilidade de se restabelecer em casa. O conforto do lar em sua própria cama, a privacidade, o ambiente familiar e o apoio de amigos reforçam o processo de recuperação e também trazem benefícios à Rede Municipal de Saúde.

O Serviço de Atenção Domiciliar (SAD), implantado em agosto pelo Hospital e Maternidade Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro (HMMDOLC), aumenta o índice de rotatividade dos leitos, a produtividade na prestação de serviços e diminui o tempo médio de permanência hospitalar. A medida beneficia também os chamados pacientes de longa permanência, aqueles internados por mais de 30 dias.

Até outubro, 166 pacientes passaram pelo SAD. Segundo o diretor técnico do Hospital, Christian Campos, o paciente encaminhado ao serviço tem um cuidado igual ao prestado na unidade de saúde, fundamentalmente executado por um cuidador domiciliar com o suporte de uma equipe multiprofissional. O acompanhamento do quadro clínico, o atendimento e orientação de cuidados com a saúde são os mesmos.