Secretaria Municipal de Saúde






Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência fora de seu controle.

Artigo Artigo XXV da Declaração Universal de Direitos Humanos



Saúde, Ciência, Pesquisa, Arte, Cultura, nossa gente da SMS, e o que mais possa interessar.



Organizado por William H Stutz

Veterinário Sanitarista

whstutz@gmail.com



Este Blog é independente, sem vínculo oficial com instituição alguma.
Todos
estão convidados a contribuir com informações de interesse coletivo.





sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Negligência à criança

Negligência à criança está ligada a isolamento e perturbações
agenusp@usp.br

Rosemeire Soares Talamone, do Serviço de Comunicação Social da Coordenadoria do Campus de Ribeirão Preto – imprensa.rp@usp.br

Pesquisa da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP identificou que a situação de negligência vivenciada por crianças está ligada a dois mecanismos específicos. Um é relativo a uma perturbação na relação família-coletividade, razão pela qual a família vive isolamento socioemocional, o que dificulta o acesso a apoio, seja ele de pessoas do convívio ou de profissionais de serviços especializados. O outro é relativo a uma perturbação na relação entre cuidadores-criança, caracterizado por uma baixa frequência de interação entre cuidadores e crianças. Quando a interação acontece, essa tende a ser negativa.