Secretaria Municipal de Saúde






Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência fora de seu controle.

Artigo Artigo XXV da Declaração Universal de Direitos Humanos



Saúde, Ciência, Pesquisa, Arte, Cultura, nossa gente da SMS, e o que mais possa interessar.



Organizado por William H Stutz

Veterinário Sanitarista

whstutz@gmail.com



Este Blog é independente, sem vínculo oficial com instituição alguma.
Todos
estão convidados a contribuir com informações de interesse coletivo.





quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Programa de Gestão

"... Falo assim sem saudade
Falo assim por saber
Se muito vale o já feito
Mais vale o que será
E o que foi feito é preciso conhecer
Para melhor prosseguir..."


O Que Foi Feito Deverá
Milton Nascimento




O encerramento do “V Ciclo de Planejamento: Uma Construção Coletiva para 2012”, reuniu nesta terça-feira (6) no Center Convention, mais de quatro mil profissionais da Saúde do Município para, junto com o Secretário Gladstone Rodrigues da Cunha, analisar todos os avanços obtidos desde 2007 no setor e concluir as metas para o ano de 2012. A ação é promovida todos os anos pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

De acordo com o Secretário, os profissionais da SMS foram determinantes na melhoria dos processos e têm correspondido aos desafios da cidade, inovações e progressos que são uma avalanche no setor da saúde.

“Também é importante agradecer ao prefeito Odelmo Leão neste momento. Ele apoiou o setor como nenhuma outra administração fez. Estou na área há mais de quatro décadas e posso fazer esta afirmação. O Prefeito aceitou o enorme desafio de construir o Hospital Municipal e também incentivou várias outras iniciativas, além de ter participação decisiva na linha que a secretaria adotou”, disse Gladstone Rodrigues da Cunha.

Segundo a diretora de Planejamento e Informação em Saúde Rúbia Pereira, todas as informações repassadas para os profissionais, foram discutidas em um primeiro momento com os coordenadores, para agora serem compartilhadas com todos aqueles que fazem as ações acontecerem nas unidades de saúde e diversos setores como: Vigilância em Saúde, Diretoria de Regulação, Diretoria de Planejamento e demais.

“É muito importante que eles se sintam participantes do processo, porque embora exista todo um planejamento no âmbito central, quem realmente executa, são os profissionais de saúde que estão na ponta das unidades. Também é um estímulo para que possamos melhorar cada vez mais o atendimento à população”, contou.

Fonte: Portal da PMU