Secretaria Municipal de Saúde






Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência fora de seu controle.

Artigo Artigo XXV da Declaração Universal de Direitos Humanos



Saúde, Ciência, Pesquisa, Arte, Cultura, nossa gente da SMS, e o que mais possa interessar.



Organizado por William H Stutz

Veterinário Sanitarista

whstutz@gmail.com



Este Blog é independente, sem vínculo oficial com instituição alguma.
Todos
estão convidados a contribuir com informações de interesse coletivo.





quinta-feira, 30 de junho de 2011

Declaração de Óbitos

Também da colega Elaize recebemos fotos do Treinamento sobre Declaração de Óbitos.
Realizada no dia 28/06/2011 no anexo de Saúde às 08:30. Participaram Instituições Privadas e Públicas (médico, enfermeiro, assistente social, adminstrativos e outros), participaram também alguma Coordenações da SMS.


Treinameto

Recebemos de Elaize Maria Gomes de Paula - Vigep

Fotos sobre Treinamento : Ações de Vigilância Epidemiológica em Meningite.
Realizada nos dias 26 e 27 de maio de 2011 no Anexo de Saúde. Para profissionais médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, coordenações da SMS e outros. Participaram Instituições públicas e privadas.





Invasão maliciosa




terça-feira, 28 de junho de 2011

Saiu no Correio


Opinião do Leitor

Sou do tipo que, se não bem, pelo menos gosta de exercer a posição de cidadão consciente. Quando tenho que reclamar de algo que não está certo, faço isso com prontidão; mas, quando presencio uma situação em que meus direitos de contribuinte são respeitados, acho que devo elogiar. É o caso do Hospital Municipal de Uberlândia, em cuja UCA (unidade ambulatorial) estive internado por força de duas cirurgias de hérnias. Um dos complexos cirúrgicos mais estruturados que eu já conheci, com aparelhos de ultima geração. Todo o aparato necessário para atender com eficácia os pacientes que ali estão, aliado a um atendimento cortês aos pacientes, sem dúvida um exemplo de excelência. Repito: médicos e enfermeiras, todos, dotados de uma gentileza incomum, portanto, um atendimento diferenciado, sem exagero, jamais encontrado nos demais hospitais que têm vínculo com a saúde pública. Quero agradecer o cuidado e a atenção que a mim foram destinados e por fim, desejar que o hospital municipal, modelo de complexo hospitalar, perdure para sempre e que milhares de uberlandenses e uberlandinos carentes possam também sentir, como eu, este gostinho de dignidade.

Iolando Donizete Guimarães
Uberlândia (MG)


Publicado em Opinião do Leitor do Jornal Correio
Veja aqui em pdf

Mudanças no trânsito


Clique na imagem para ampliá-la



segunda-feira, 27 de junho de 2011

Festa Junina


A família PSF Seringueiras 2

tem o prazer de convidar a todos para a Festa Junina de Hipertensos e Diabéticos que acontecerá dia 29/06 das 12:00 às 17:oo horas no PSF Seringueiras 2.
Vai ter comidas típicasm música, apresentações e muito mais.

Contamos a presença de todos!

domingo, 26 de junho de 2011

Luto


Estamos de luto. Hoje às 3 horas da manhã se foi nosso colega e amigo Jovenil Gomes da Silva. Agente de Controle de Zoonoses exemplar, de uma disposição e iniciativa ímpar.

Que cada um de nós dentro de nossas crenças eleve o pensamento em oração. Ficam as lembranças e o consolo de saber que estas jamais desaparecerão de nossas mentes.

O velório será na funerária Angelo Cubnha, na Getúlio Vargas - sala 2

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Porfírias


A Associação Brasileira de Porfiria - ABRAPO tem o prazer de convidar para a próxima reunião do "GRUPO DE ESTUDOS SOBRE PORFIRIAS"

Dia 27 de Junho (segunda feira)
Local: Auditório do CRM.
Rua Victório Viezzer, 84 - Vista Alegre
Curitiba - Pr.

"PORFIRINAS E PORFIRIAS 2011-CARDIFF"

Informações sobre o evento ocorrido de 10 a 14 de Abril em Cardiff - País de Gales - Reino Unido
20:00 - 20:35

PORFIRIAS CUTÂNEAS
Dra. Rossana Spoladore Hurtado
20:35 - 21:10

PORFIRIAS AGUDAS
Dra. Vanda Sakae A. Ogasawara
21:10 - 21:30

Perguntas


Sua participação é muito importante para nós!
Maiores informações e inscrições gratuitas:

contato@porfiria.org.br
ou telefone: 41 9151-5586
OBS.:

- Solicitamos a gentileza de divulgação.
- Aos interessados será fornecido certificado.

Agradecemos seu interesse pelas porfirias!

Ieda M. S. Bussmann
Associação Brasileira de Porfiria - ABRAPO
www.porfiria.org.br

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Educação pela dor

Imagem da web

Os enigmas impressos em uma obra ficcional, a afinidade com a temática e o estilo, acendem no leitor a curiosidade legítima por conhecer o homem por detrás da obra, sobretudo, as doenças, as neuroses, as inadequações que marcaram sua existência. Daí nasce o nosso gosto pela leitura de ensaios biográficos ou autobiográficos. Dessa forma, através de diários, cartas, esboços de textos, aproximamo-nos da intimidade de um Franz Kafka, por exemplo, homem escrupuloso, complicado e cheio de neuroses que, sendo judeu, viveu no contexto antissemita da cidade de Praga, onde nasceu e morou a maior parte de sua vida.

O sentimento de Kafka, revela-nos o romancista Louis Begley, um de seus biógrafos, era o de ser um intruso: na sociedade preconceituosa de sua época, na sua própria casa, onde vivia obcecado pelo medo do pai, na sua própria pele, descontente com sua imagem corporal. Diferentes suplícios o afligiam: era hipocondríaco, tinha dificuldades para dormir, pesavam-lhe as insatisfações com o próprio corpo, repugnava-o a intimidade sexual e o comer carne, literalmente, era-lhe odioso.

Nosso autor escrevia amiúde para Felice Bauer, uma jovem alemã com quem trocou copiosa correspondência e de quem chegou a ficar noivo, após cinco anos de namoro. Mas Kafka acaba rompendo o relacionamento, e desabafa: A vida é meramente terrível, sinto isso como poucos. Begley chega à conclusão de que a claustrofobia do mundo, tão bem retratada na ficção do autor, espelhava a de sua própria vida.

A existência atormentada de Kafka levou-o a refugiar-se na literatura, cujo impacto sobre o leitor é concreto, profundo, estranho e absurdo. Para o autor de “O Castelo” e ”O Processo”, um livro tinha que ser um machado para o mar congelado, existente dentro de cada um de nós. Esse era, verdadeiramente, o ideal literário de Kafka, cumprido à risca. Suas dificuldades na esfera sexual foram barreiras que ele nunca chegou a transpor. Embora obcecado pelo desejo sexual, os sentimentos de medo, a insegurança, a vergonha do próprio corpo, impediram-no de concretizá-lo. E a relação platônica com Felice Bauer, com quem trocou cerca de setecentas cartas, acabou rompendo-se.

Calcado no estilo de Kafka, no poder de sua narrativa singular, o adjetivo kafkiano ganhou vida própria. Para o psicanalista Enrique Mandelbaum, … kafkianas são situações que se dão em diversos níveis. É a burocracia que entrava e compromete a singularidade e a subjetividade, é o poder desumanizado… e por aí vai. O prezado leitor, certamente, já viveu algo kafkiano na própria pele. Não por acaso, Kafka baseou suas narrativas em parábolas, lendas e mitos – tudo isso constituindo um poderoso e contundente material de denúncia contra o absurdo e as armadilhas grotescas do poder e da burocracia. A nós, seus leitores, resta-nos persistir na resistência continuada, ainda que todas as vozes circundantes gritem aos nossos ouvidos que o caminho é longo, labiríntico, impossível.

O psicanalista Jacques Lacan já dizia que o ser humano é um efeito da linguagem e as formações do inconsciente são estruturadas e reguladas pela linguagem. O próprio Freud rendia uma homenagem especial à poesia, por percehttp://www.blogger.com/img/blank.gifber nela um instrumento de interpretação dos processos psíquicos, pela sua densidade, pelo seu alto poder significante. Os efeitos do trauma no psiquismo levam à produção de sintomas, cuja resolução vai depender da possibilidade de o sujeito representar (simbolizar) o traumático que, dessa forma, deixa de ser um “corpo estranho”, para ser mastigado, digerido, elaborado. Shakespeare (in Macbeth) afirma: …Ponha em palavras o seu sofrimento. A dor que não fala termina por sussurrar a um coração sobrecarregado, pedindo-lhe a explosão.

Shyrley Pimenta


Publicado no Jornal Correio em 21 de junho de 2011 (Aqui em pdf)

Texto publicado com autorização da autora

terça-feira, 21 de junho de 2011

Bonitas e perigosas

O seu veneno é capaz de matar até 20 seres humanos de uma só vez.

Foto: Wildfeuer


Pertencente a família Dendrobatidae, essas belíssimas rãs são nativas das florestas tropicais das Américas Central e Sul. Diferentemente da maioria das espécies, essas possuem hábitos diurnos e muitas vezes têm uma coloração bem viva.

Normalmente, elas vivem de 5 a 12 anos. São consideradas de porte pequeno, medindo aproximadamente 1,5 centímetros de comprimento (sendo as fêmeas maiores que os machos). Sua dieta varia de formigas a insetos até besouros e cupins.

Aliás, é por uma dessas presas que elas se tornaram um dos animais mais venenosos do mundo. As formigas que elas consomem se alimentam de uma espécie de planta altamente tóxica, assim, ao ingeri-las, as rãs estão automaticamente absorvendo essas substancias.

Um miligrama deste veneno - que fica armazenado em sua pele - é capaz de matar até 10.000 ratos (o equivalente a 10 ou 20 seres humanos). Dentre seus sintomas, como a paralisa total dos músculos, o principal e o mais grave é a falência múltipla dos órgãos.

Hospital Municipal

Do Portal da Prefeita de Uberlândia

Hospital e Maternidade Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro é exemplo para cidades mineiras

O prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão, recebeu na manhã desta segunda-feira (20) o prefeito de Divinópolis, Vladimir Farias Azevedo, e uma equipe encarregada pela construção do Hospital Municipal naquela cidade. Localizada no Centro-Oeste de Minas, Divinópolis é referencia macro de saúde para 57 municípios e referência micro para outras 13 cidades.

Na sala de reuniões do Gabinete do Prefeito, a equipe de Divinópolis assistiu uma apresentação sobre o trabalho realizado em Uberlândia pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Os visitantes conheceram o novo padrão de atendimento de emergência, treinamento de equipes, novos equipamentos e o monitoramento on-line no acolhimento de usuários com classificação de risco. Segundo o prefeito Odelmo Leão, as ações realizadas no setor atraem cada vez mais a atenção de representantes de outras regiões do País.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Convite

1º Encontro de Biossegurança
Instituições Afiliadas SPDM


Clique na imagem abaixo para ampliá-la

1ª dose


Crianças recebem a 1ª dose da vacina contra a pólio no Dia D

Até as 17h deste sábado (18), as unidades de saúde da rede municipal e postos volantes montados nos terminais de ônibus Central, Santa Luzia e Umuarama, intensificam esforços no Dia D de vacinação contra a poliomielite.

Os pais saíram cedo de casa para levar os filhos para receber a gotinha. Além disso, a Secretaria Municipal de Saúde elaborou uma estratégia para imunizar as crianças também contra a rubéola, caxumba e sarampo (tríplice viral) e aplicar a segunda dose contra a gripe para aquelas que ainda não foram vacinadas.

Azeite

Azeite de oliva na dieta previne derrame

Um novo estudo sugere que o consumo de óleo de oliva pode ajudar a prevenir um acidente vascular cerebral em pessoas idosas.

A pesquisa foi publicada no Neurology, o jornal médico da Academia Americana de Neurologia.

"Nossa pesquisa sugere que deve-se lançar um novo conjunto de recomendações dietéticas para prevenir o acidente vascular cerebral em pessoas com 65 anos ou mais," disse Cécilia Samieri, da Universidade de Bordeaux, na França. "O AVC é muito comum em pessoas mais idosas e o azeite seria uma maneira barata e fácil de ajudar a evitar isso."

Consumo de azeite de oliva

Os pesquisadores examinaram os registros médicos de 7.625 pessoas com 65 anos ou mais de três cidades da França: Bordeaux, Dijon e Montpellier. Os participantes não tinham histórico de acidente vascular cerebral.

O consumo de azeite de oliva foi categorizada em "não usa", "uso moderado" (usar o azeite de oliva para cozinhar ou como tempero ou no pão), e "uso intensivo", que incluía os três usos simultaneamente.

Samieri afirma os participantes do estudo utilizaram principalmente azeite extra-virgem, resultado da primeira prensagem a frio das azeitonas.

Depois de considerar a dieta, as atividades físicas, o índice de massa corporal e outros fatores de risco para acidente vascular cerebral, o estudo descobriu que aqueles que usaram o azeite mais intensivamente tinham um risco 41 por cento menor de acidente vascular cerebral em comparação com aqueles que nunca usaram o azeite em sua dieta.

Efeitos diretos e indiretos

O azeite de oliva, que tem propriedades antiinflamatórias, tem sido associado com efeitos potencialmente protetores contra muitos fatores de risco cardiovascular, tais como diabetes, pressão alta, colesterol alto, obesidade.

Neste estudo, não está claro quais os elementos do azeite de oliva servem de proteção - seus efeitos poderiam até mesmo ser indiretos, fazendo outros alimentos saudáveis mais saborosos.

Uma pesquisa anterior, contudo, descobriu os componentes específicos do azeite que atuam na prevenção de Alzheimer.

Somente novos estudos de dietas estritamente controladas esclarecerão essas dúvidas.

Fonte: www.diariodasaude.com.br

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Nefrologia

16º Congresso Paulista de Nefrologia

Evento ocorrerá paralelamente ao 1º Fórum Nacional de Nutrição em Nefrologia, o 1º Encontro Paulista Multiprofissional em Nefrologia e o 15º Nefretico

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Pré-conferência de Saúde

Setor Leste tem Pré-conferência de Saúde nesta quinta (16/06)

Será realizada nesta quinta (16/06) das 18h00 às 22h00 a Pré-conferência de Saúde do Setor Leste, no EMEI Anísio Spínola Teixeira, sito à Rua Felipe Calixto Milken,117, Morumbi (ao lado da UAI Morumbi), com a presença de representantes de vários segmentos que irão apresentar propostas e eleição dos delegados para a 6a Conferência Municipal de Saúde.

As Conferências de Saúde são espaços democráticos de construção da política de saúde de nosso município, bem como propõem diretrizes para a formulação da Política no âmbito Federal.

Objetivo: Descentralizar o debate para que se decida o que a comunidade quer recomendar aos gestores do SUS por SETOR DA CIDADE, bem como eleger representantes para delegados, contemplando diferentes setores do município, inclusive os setores rurais, para orientar as discussões da Conferência Municipal de Saúde

UAIs modernizadas

Prefeitura de Uberlândia moderniza salas de emergência das UAIs



A Prefeitura de Uberlândia modernizou as salas de emergência das oito Unidades de Atendimento Integrado (UAIs). Agora, os procedimentos são realizados com novos equipamentos de última geração.

“Isto foi feito pensando nos moradores de Uberlândia, que agora contam com atendimentos ainda melhores, em espaços preparados e profissionais ainda mais qualificados para lidar com o bem mais importante, a vida”, afirmou o prefeito Odelmo Leão.

Monitores cardíacos, respiradores e desfibrilador foram substituídos por equipamentos que possuem os mesmos recursos técnicos dos aparelhos utilizados nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital e Maternidade Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro. As salas de emergência também receberam novas bombas de infusão, cardioversor, carrinho de parada, laringoscópio de fibra ótica e material para entubação orotraqueal.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Lavar as mãos

O maior estudo já feito sobre comportamento em higiene mostrou que o brasileiro se preocupa com a higiene pessoal e doméstica e é um dos que menos contrai infecções por contaminação no mundo

Clique nas imagens abaixo para melhor visualizar as estatísiticas











Leia a publicação na íntegra AQUI

4 milhões de doadores

Via intranet do MS

Descrição: Ministério lança campanha para atingir 4 milhões de doadores de sangueDurante o evento, Alexandre Padilha anunciou a expansão do Teste NAT para todos os hemocentros do país, o que torna a transfusão mais segura para os pacientes

Ministério lança campanha para atingir
4 milhões de doadores de sangue



O Ministério da Saúde lançou, ontem terça-feira (14), a nova campanha de incentivo à doação de sangue no país. A iniciativa, intitulada “Essa corrente precisa de você. Doe Sangue”, é uma das atividades previstas para marcar o Dia Mundial do Doador de Sangue. A meta da campanha é atingir 4 milhões de voluntários até 2012, o que representa 2,1% da população brasileira. O percentual da população envolvida atualmente com essa mobilização é de 1,9%.

Como forma de estimular a população a este ato de solidariedade, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, visitaram a Fundação Hemocentro de Brasília nesta manhã, onde doaram sangue. A campanha 2011 também terá como meta conquistar voluntários regulares, que são aquelas pessoas que doam duas vezes ou mais vezes no período de um ano.

“Com a portaria que publicamos hoje, ampliamos o número potencial de doadores e a nossa expectativa é realmente passar do que nós temos, de 3 milhões de doações por ano. Esta campanha reforça que a doação de sangue deve ser um hábito de solidariedade”, destacou o ministro.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Siga o Zé Gotinha

Via Maria Francisca Abritta Moro - Coordenadora Geral do Sistema Nacional de Ouvidorias - Departamento de Ouvidoria Geral do SUS - Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa - Ministério da Saúde

Vacinas


Do Portal da Prefeitura de Uberlândia

Crianças recebem vacinas contra pólio e tríplice viral

Começou nesta segunda-feira (13) a primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite. As doses são oferecidas das 8h às 17h em todo a rede pública municipal de Saúde (UAI, UBS, UBSF, PSF). O atendimento é feito nas zonas rural e urbana e a expectativa é vacinar mais de 40 mil crianças com menos de cinco anos de idade.

Além da vacina contra poliomielite, as crianças também recebem a vacina de tríplice viral, que protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola. Devem tomar a vacina 56 mil crianças de um ano a menores de 7 anos.

Segundo a coordenadora da Central de Imunização da Secretaria de Saúde, Maria Aparecida dos Santos, a poliomielite é uma doença erradicada no Brasil. Por outro lado, quanto ao sarampo, neste ano já foram registrados mais de 60 novos casos. “Embora a maioria das contaminações tenham ocorrido fora do Brasil, é importante fazer um reforço, pois a vacina é a única medida preventiva. Por isso, os pais não podem perder essas campanhas e colocar os cartões de seus filhos em dia”, afirmou.

Prêmio de Incentivo

Recebemos de Brasília da nossa colega e amiga Maria Moro

Ministério divulga Edital do Prêmio de Incentivo em
Ciência e Tecnologia para o SUS 2011

Serão premiadas pesquisas em cinco categorias de pós-graduação, totalizando mais de R$ 55 mil em prêmios. As inscrições de 13 de junho a 29 de julho

O Ministério da Saúde publicou nesta semana, no Diário Oficial da União, o edital do Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia para o SUS 2011, que chega neste ano a sua décima edição. Serão premiadas pesquisas em cinco categorias de pós-graduação, totalizando mais de R$ 55 mil em prêmios. As inscrições podem ser feitas a partir das 10h do dia 13 de junho até às 23h59min de 29 de julho, pelo site www.saude.gov.br/premio.

As cinco categorias são: Tese de Doutorado (com premiação no valor de R$ 15 mil); Dissertação de Mestrado (R$ 10 mil); Trabalho Científico Publicado (R$ 10 mil); Monografia de Especialização ou Residência (R$ 5 mil); e Acesso ao Sistema Único de Saúde (R$ 15 mil), nova categoria instituída em comemoração aos 10 anos do Prêmio. O objetivo é reconhecer e premiar trabalhos que apresentem avaliações e indicadores sobre o acesso, acolhimento e atendimento da população, visando à promoção da saúde e prevenção de doenças. O acesso aos serviços de saúde em caráter universal é um dos princípios da Constituição Brasileira, por isso a relevância do tema para a produção de conhecimento por meio da pesquisa.

Podem concorrer pesquisadores, estudiosos e profissionais de saúde ou de qualquer área científica com trabalho aprovado em banca, ou publicado no período de 13 de maio de 2010 a 12 de junho de 2011, com temática voltada para a área de Ciência e Tecnologia em Saúde e Potencial de Incorporação pelo SUS.

Os trabalhos vencedores e os que receberem menções honrosas serão divulgados, na íntegra, no portal do Ministério da Saúde (www.saude.gov.br/sctie) e na Biblioteca Virtual de Saúde do Ministério (www.saude.gov.br/bvs).

Instituído em 2002, o Prêmio é uma iniciativa do Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde (Decit/SCTIE/MS), que tem por objetivo reconhecer o trabalho de pesquisadores envolvidos em projetos voltados para o SUS e para as necessidades da população e incentivar a incorporação de melhorias desenvolvidas nesses projetos.

11ª Expoepi

Recebemos de Fabiana Godoy Malaspina, Vigilância em Saúde Ambiental de Populações Expostas a Contaminantes Químicos - VIGIPEQ - Coordenação Geral de Vigilância em Saúde Ambiental - CGVAM - Ministério da Saúde


Inscrições para 11ª Expoepi começam em 10 de junho



Estão abertas as inscrições de trabalhos para a mostra competitiva da 11ª Mostra Nacional de Experiências Bem-Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças – 11ª Expoepi. O prazo para a subscrição de trabalhos vai até o dia 20 de julho de 2011, pela internet. O Edital de convocação, com as regras da competição para este ano, critérios de seleção dos trabalhos e premiação para cada uma das áreas priorizadas, foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (06/06). O evento acontecerá entre os dias 1º a 3 de novembro, em Brasília-DF.

Serão contempladas duas modalidades de participação. A modalidade I trata das experiências bem-sucedidas realizadas pelos serviços de saúde do Sistema Único de Saúde – SUS – que contribuíram para o aprimoramento das ações de vigilância em saúde. A experiência vencedora em cada uma das nove áreas da Modalidade I receberá um prêmio no valor de R$30 mil, oferecido pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde. A modalidade II (com apenas uma área específica) é uma inovação para este ano, por estar direcionada aos profissionais da Saúde que atuam no SUS e desenvolveram trabalhos técnico-científicos em nível de pós-graduação que contribuem para o aprimoramento das ações de vigilância em saúde. Nesta modalidade, serão concedidos prêmios no valor de R$9 mil para tese de doutorado, R$6 mil para dissertação de mestrado e R$3 mil para monografia de especialização.

CRITÉRIOS

Os trabalhos serão selecionados segundo os critérios estabelecidos no Edital de convocação. A experiência ou trabalho técnico-científico inscrito que não demonstrar sua contribuição ao aprimoramento das ações de vigilância em saúde será considerado inelegível para a mostra competitiva.

Clique aqui para ler a íntegra do Edital http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/edital_expoepi_06_06_2011.pdf

E para fazer a inscrição da sua experiência ou trabalho técnico-científico, acesse:

http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=6262

Atenção: as inscrições podem ser feitas até as 23h59min (horário de Brasilia-DF) do dia 20 de julho de 2011.

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Veneno terapéutico

Foto: Divulgação/Funed

Potencial terapêutico em veneno da aranha armadeira

Via Farol Comunitário

Veneno da aranha armadeira tem potencial para combater doenças


Pesquisadores da Fundação Ezequiel Dias (Funed), em parceria com profissionais da Santa Casa de Belo Horizonte e da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), identificaram mais um potencial terapêutico de toxinas do veneno da aranha brasileira Phoneutria nigriventer (aranha armadeira), desta vez, para o tratamento da isquemia de retina e da taquicardia.

“O veneno dessa aranha apresenta toxinas de grande importância, que já foram isoladas, purificadas e tiveram sua estrutura definida. Dentro de sua grande diversidade de moléculas, foi verificado que cada uma atua em um alvo específico”, diz a coordenadora da pesquisa na Funed, Marta do Nascimento Cordeiro.

Na Funed, os estudos que investigam a composição e a função do veneno tiveram início em 1987 e consistem no isolamento, purificação e identificação da estrutura dos componentes do veneno da aranha armadeira. Nos últimos anos, as pesquisas já revelaram a presença de algumas toxinas com função de neuroproteção em casos de isquemia cerebral (derrame), outra muito eficiente no combate à dor, considerada mais potente que a morfina.

Nos estudos mais recentes, segundo o pesquisador Michael Richardson, foi identificada uma grande quantidade de peptídeos, dentre eles as moléculas PnTx3-1, PnTx3-3 e PnTx3-4. As atividades destas toxinas foram pesquisadas pela equipe da Santa Casa/UFMG, coordenada pelo professor Marcus Vinicius Gomez e testadas em camundongos.

As neurotoxinas PnTx3-3 e PnTx3-4 apresentaram ação neuroprotetora contra a isquemia de retina - uma falha no transporte de oxigênio para as células e que causa a morte das células e até a cegueira. As amostras de retina tratadas com as toxinas apresentaram grande redução da morte celular, ou seja, mesmo com a falta de oxigênio as células continuaram vivas e saudáveis. Já a toxina PnTx3-1 inibiu a arritmia cardíaca (alteração da frequência ou o ritmo dos batimentos cardíacos) nos animais usados em experimentação. Os camundongos apresentaram melhora no ritmo e frequência cardíaca quando tratados com a toxina.

Parcerias

Todos os estudos são feitos em parceria entre diversas instituições de pesquisa. “Essa colaboração é muito positiva. No caso da parceria com a Santa Casa, a Funed purifica e identifica as toxinas e a equipe da Santa Casa faz os testes farmacêuticos. Com as patentes obtidas, contribuímos para consolidar a imagem das duas instituições e de Minas no campo de pesquisa”, diz Marta do Nascimento Cordeiro.

Todas as descobertas já estão em processo de obtenção de patente junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e as duas últimas foram publicadas este ano em revistas científicas internacionais, a Retina e a Toxicon. A investigação da propriedade neuroprotetora e de redução da arritmia das toxinas continua sendo realizada pelo grupo e caso haja interesse de indústrias farmacêuticas, podem ser feitas transferências de tecnologia para no futuro transformar estas descobertas em medicamentos.

A aranha armadeira

A aranha Phoneutria nigriventer é chamada armadeira devido ao fato de, quando ameaçada, tomar a postura de se armar, levantando as patas dianteiras e eriçando os espinhos. É extremamente agressiva. Vive sob troncos, normalmente de folhagens densas, como bananeiras, montes de lenha ou materiais de construção empilhados e, eventualmente, aparecem dentro das residências, principalmente em roupas e dentro de calçados.

O animal adulto mede 3 cm de corpo e até 15 cm de envergadura de pernas. Não faz teia e tem coloração marrom-escura com manchas claras formando pares no dorso do abdome. Após a picada dessa aranha, a pessoa sente dor intensa e imediata no local e, em casos mais graves, suor e vômitos.

da redação com Agência Minas

Ração humana

Consumo de “ração humana” pode ser prejudicial à saúde

Pessoas que substituem refeições pelo consumo da chamada “ração humana” estão colocando a saúde em risco.

É que esses produtos não fornecem todos os nutrientes necessários para uma alimentação adequada.
O alerta está no informe técnico, publicado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), no último dia 20 de maio. De acordo com a diretora da Agência, Maria Cecília Brito, “a substituição de refeições sem a orientação de profissionais de saúde pode gerar danos, como a anemia, devido à carência de nutrientes”.

As formulações, popularmente conhecidas como “ração humana”, são, geralmente, compostas por mistura de diferentes cereais, farinhas, farelos, fibras e outros ingredientes, como: guaraná em pó, gelatina em pó, cacau em pó, levedo de cerveja, extrato de soja, linhaça e gergelim. “O consumo de produtos com alto teor de fibras, como misturas de cereais, farinhas e farelos, deve estar inserido no contexto de uma alimentação diversificada e saudável”, orienta a diretora da Anvisa.

Dia dos Namorados

PMU promove campanha de prevenção no Dia dos Namorados

No domingo, 12 de junho, Dia dos Namorados, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realiza, das 8h às 12h no Parque do Sabiá, uma Campanha de Prevenção do Dia dos Namorados, com o tema "Amar é Cuidar". O evento tem o apoio do Sest/Senat.

Profissionais do Programa Municipal de DST/Aids do Ambulatório Herbert de Souza estarão no local dando orientações aos frequentadores sobre os riscos das doenças sexualmente transmissíveis e distribuindo material educativo e preservativos.

Quem desejar também poderá fazer gratuitamente o teste rápido de hepatite e pegar o resultado em poucos minutos.

A organização do evento também preparou uma programação musical. A Banda Venosa será a primeira a subir ao palco com repertório de músicas dos anos 60 e 80 e da jovem guarda. Depois haverá apresentação dos grupos de seresta Cotovias ao Luar e Resgate e, por último, o grupo de idosos do Sesc.

Fonte: Portal PMU

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Dengue cai

Casos de dengue caem mais de 70% em Uberlândia
Centro de Controle de Zoonoses continua com as ações do Programa Municipal de Combate à Dengue




Visitas a imóveis, recolhimento de pneus, cadastramento de piscinas, retiradas de objetos e vedação de caixas d’água. Estas são algumas das ações realizadas pela equipe do Programa Municipal de Combate à Dengue, do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). Desde que o programa foi lançado pelo prefeito Odelmo Leão no final de 2010, Uberlândia já obteve resultados significativos no número de casos notificados e confirmados da doença.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Classificação de risco

Atendimentos ágeis são possíveis com classificação de risco



Além de trabalhar na consolidação de seu maior equipamento de saúde, o Hospital e Maternidade Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro, a Prefeitura de Uberlândia investe nas unidades que compõem a base de atendimento à população. Uma das principais ações desenvolvidas atualmente é a capacitação de profissionais para otimizar a aplicação da classificação de risco.

No curso Formação de Triadores, médicos e enfermeiros de várias unidades da Rede Municipal aprendem a classificar o nível de gravidade da situação clínica de saúde de cada paciente para determinar a prioridade de atendimento. Assim, é possível agilizar o encaminhamento dos usuários durante o acolhimento nas unidades. Até o momento, já foram capacitados mais de 260 profissionais.

Escherichia coli - Alerta do MS

Recebi de nossa Vigep

Segue para conhecimento "Alerta sobre os casos de infecção pela bactéria Escherichia coli (E. coli)", emitido pelo MS.

Quem viaja ao exterior deve evitar alimentos crus e reforçar hábitos de higiene
Quem viaja ao exterior deve evitar alimentos crus e reforçar hábitos de higiene

O Ministério da Saúde recomenda que pessoas em viagem internacional, principalmente aos países da Europa e aos Estados Unidos, não devem comer alimentos crus, sobretudo vegetais e produtos de origem animal. O alerta decorre do registro de mais de 1,8 mil casos de infecção pela bactéria Escherichia coli (E.coli), com 18 mortes, principalmente na Alemanha – de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Não há nenhuma recomendação de restrição de viagem e é importante seguir as orientações das autoridades de saúde do país visitado.

Até o momento, não há registros de casos no Brasil. No entanto, conforme nota técnica divulgada pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, profissionais de saúde (da rede pública ou privada) devem estar atentos a pacientes com histórico de viagem internacional, nos últimos 30 dias, principalmente à Alemanha; e que apresentem fortes cólicas abdominais e diarreia com sangue. Esses são os principais sintomas que surgem nas pessoas infectadas por um tipo mais agressivo da bactéria – chamado E.coli enterohemorrágica (leia mais abaixo).

Ainda segunda nota da secretaria, o serviço de saúde deverá coletar amostra de fezes do caso suspeito e encaminhar para a vigilância epidemiológica municipal ou estadual. As autoridades locais de saúde (Secretarias Estaduais e Municipais), além do próprio Ministério da Saúde, devem ser notificadas do caso suspeito em até 24 horas, por telefone, para que a investigação epidemiológica comece.

Nos casos suspeitos, está contraindicado o tratamento com antibióticos e antidiarreicos, medicamentos que podem agravar o quadro do paciente. O tratamento recomendado restringe-se a hidratação e medidas de suporte necessárias, conforme avaliação médica.

ORIGEM DOS CASOS – Desde o surgimento dos primeiros casos na Alemanha, autoridades de saúde europeias têm investigado a origem da contaminação. Especula-se que a fonte primária tenha sido alguns tipos de vegetais, como pepino, tomate ou alface. “Mas as investigações epidemiológicas ainda estão em curso e é prematuro responsabilizar algum produto pela transmissão da bactéria na Europa”, adverte o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério, Jarbas Barbosa.

Segundo a OMS, a maioria dos casos ocorridos fora da Alemanha, incluindo os dois dos Estados Unidos, está vinculada a pessoas que estiveram no país europeu, especialmente no Norte, na região da cidade de Hamburgo. “Estamos numa situação relativamente tranquila, pois não importamos esses produtos in natura. Mesmo assim, é importante que estados e municípios reforcem a vigilância de casos suspeitos”, orienta Barbosa.

O secretário lembra que é fundamental manter hábitos diários de higiene, como lavar as mãos antes das refeições; depois de usar o banheiro e do contato com animais; e antes de preparar, servir ou tocar os alimentos. “E isso deve ser a regra, não a exceção. É muito importante também certificar-se de que o alimento foi feito de maneira adequada, evitando comer em ruas e feiras, locais onde geralmente não se tem segurança quanto à qualidade do preparo”.

Cinco recomendações básicas para consumo e preparo de alimentos

  1. Consumir apenas água potável e alimentos bem lavados
  2. Manter a limpeza durante o preparo dos alimentos
  3. Separar alimentos crus de cozidos (durante o preparo)
  4. Cozinhar completamente os alimentos (acima de 70o C)
  5. Manter os alimentos em temperaturas seguras

O que é Escherichia coli

A Escherichia coli (E. coli) é uma bactéria encontrada naturalmente no intestino de humanos e animais. A maioria das cepas de E. coli são inofensivas, mas algumas podem causar graves doenças transmitidas por alimentos, como é o caso da E. coli enterohemorrágica (EHEC). Este tipo de E.coli produz duas toxinas, chamadas “verotoxina” ou do tipo “Shiga”. Por isso, a bactériaenterohemorrágica é também denominada de E. coli produtora de verotoxina (VTEC) ou E. coli produtora de toxina Shiga (STEC).

Os principais sintomas da doença provocada pela E. coli enterohemorrágica são cólicas abdominais severas e forte diarréia, inclusive com presença de sangue. Vômitos e febre também podem ocorrer. O período de incubação, isto é, o tempo entre a transmissão e o início do aparecimento dos sintomas varia de três a oito dias. A maioria dos infectados recupera-se em até dez dias.

No entanto, em pessoas mais vulneráveis, como idosos e crianças, a infecção pode agravar-se, levando à Síndrome Hemolítica Urêmica (SHU) – caracterizada por falência renal aguda, anemia hemolítica (decorrente da destruição anormal das hemácias) e trombocitopenia (redução no número de plaquetas, responsáveis pela coagulação do sangue).

A E. coli enterohemorrágica possui diversos sorotipos. Entre eles, o “O157:H7”, bastante conhecido e de relevância para a saúde pública; e o “O104:H4”, um sorotipo raro e que está associado aos casos que vêm ocorrendo na Europa e nos EUA.

Situação na Europa e EUA

Em 22 de maio de 2011, a Alemanha relatou à Comunidade Européia um aumento significativo no número de pacientes com diarréia sanguinolenta causada por STEC e SHU. A investigação começou em 24 de maio. No dia 27 de maio, foi emitido o primeiro alerta pela Rede Internacional de Autoridades em Inocuidades de Alimentos – na qual o Brasil é representado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Até 3 de junho, foram registrados 1.816 casos de infecção pela E.coli, com 18 mortes – de acordo com o escritório regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) na Europa. A Alemanha contabiliza 17 óbitos e concentra 95% das infecções, com 1.213 casos. O restante dos casos ocorreu na Áustria, Dinamarca, França, Holanda, Noruega, Espanha, Suíça, Reino Unido, Estados Unidos e República Checa – além da Suécia, que tem uma morte.

Cuidados para evitar transmissão

A E. coli enterohemorrágica (EHEC), que causa cólicas abdominais severas e forte diarréia (muitas vezes sanguinolenta), é transmitida ao homem pelo consumo de alimentos contaminados, principalmente carne e leite, crus ou mal cozidos. Comer vegetais contaminados crus também pode transmitir a bactéria.

Outra possibilidade é a transmissão entre pessoas, por via fecal-oral (quando alguém ingere água ou alimentos contaminados por micropartículas de fezes de pessoas infectadas; ou quando uma pessoa leva à boca objetos contaminados).

No caso do surto da Alemanha, ainda não foi definida a fonte de contaminação. Estudos preliminares realizados pelas autoridades de saúde apontam três alimentos in natura como mais prováveis fontes da contaminação: pepino, tomate e alface.

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), autoridade que fiscaliza a entrada de produtos hortícolas no Brasil, o país não importa esses alimentos.http://www.blogger.com/img/blank.gif

Quanto aos alimentos em conserva importados da Europa, deve-se esclarecer que esses alimentos não estão comumente associados a surtos dessa natureza. Isso pode ser explicado porque a produção de hortaliças em conserva combina duas medidas para controle de bactérias e outros microrganismos: a acidificação (por meio de substância ácida ou fermentação) com pasteurização ou a adição de conservantes.


Fonte: Ministério da Saúde

Orientações_viajantes - Clique na imagem abaixo para donwload