Secretaria Municipal de Saúde






Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência fora de seu controle.

Artigo Artigo XXV da Declaração Universal de Direitos Humanos



Saúde, Ciência, Pesquisa, Arte, Cultura, nossa gente da SMS, e o que mais possa interessar.



Organizado por William H Stutz

Veterinário Sanitarista

whstutz@gmail.com



Este Blog é independente, sem vínculo oficial com instituição alguma.
Todos
estão convidados a contribuir com informações de interesse coletivo.





quarta-feira, 26 de junho de 2013

Exercícios

Foto: Luca Bertolli/Foto Stock

Pesquisadores da Queen' s University, no Canadá, demonstraram que a quantidade total de exercícios é mais importante que a frequência com que as atividades são realizadas.

O estudo mostra que adultos que acumularam 150 minutos de exercício em alguns dias da semana não eram menos saudáveis do que os adultos que se exercitavam com mais frequência durante a semana.

Ian Janssen e seus colegas estudaram 2.324 adultos de todo o Canadá para determinar se a frequência de atividade física ao longo da semana está associada a fatores de risco para diabetes, doenças cardíacas e acidente vascular cerebral.

"Os resultados indicam que não importa como os adultos optam por acumular os 150 minutos semanais de atividade física. Por exemplo, alguém que não realiza qualquer atividade física de segunda-feira a sexta-feira, mas é ativa por 150 minutos ao longo do fim de semana obtém os mesmos benefícios para a saúde de alguém que acumulou 150 minutos de atividade ao longo da semana, fazendo 20 a 25 minutos de atividade física diariamente", afirma Janssen.

A atividade física foi medida continuamente durante toda a semana em participantes que usaram acelerômetros em suas cinturas. Acelerômetros são pequenos dispositivos elétricos que registram o quanto uma pessoa se move a cada minuto.

Janssen dividiu os adultos que seguiram as diretrizes de atividade física (mais de 150 minutos por semana de atividade aeróbica) daqueles que eram frequentemente ativos (de cinco a sete dias por semana) e raramente ativos (um a quatro dias por semana).

De acordo com Janssen, a mensagem importante é que os adultos devem procurar acumular pelo menos 150 minutos de atividade física semanal em qualquer padrão que funcione melhor de acordo com sua programação.

A pesquisa foi publicada na revista Applied Physiology, Nutrition and Metabolism.

Busca web