Secretaria Municipal de Saúde






Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência fora de seu controle.

Artigo Artigo XXV da Declaração Universal de Direitos Humanos



Saúde, Ciência, Pesquisa, Arte, Cultura, nossa gente da SMS, e o que mais possa interessar.



Organizado por William H Stutz

Veterinário Sanitarista

whstutz@gmail.com



Este Blog é independente, sem vínculo oficial com instituição alguma.
Todos
estão convidados a contribuir com informações de interesse coletivo.





segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Raiva animal

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) estima vacinar 55 mil animais durante a campanha de vacinação contra a raiva animal na zona urbana. A campanha foi lançada no sábado (17), pelo secretário de Saúde, Almir Fontes, e vai até o dia 24 de agosto.



As doses serão aplicadas em 50 postos fixos e itinerantes de vacinação distribuídos em todos os setores da cidade. O horário de atendimento será de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, e no sábado, das 8h às 14h.

A costureira Ângela Maria fez questão de levar o vira-lata Mailon para vacinar. "Gosto muito dele, então tenho que cuidar para que não tenha nenhuma doença. É também uma questão de segurança para minha família”, disse.

A raiva é uma doença infecciosa que acomete o sistema nervoso do animal e não tem cura. Os cães e gatos infectados pelo vírus transmissor da doença apresentam agressividade repentina, dificuldade em engolir alimentos e ingerir água, em alguns casos paralisia muscular. Ao ser ferido por qualquer animal é importante buscar ajuda médica e tomar a vacina antirrábica em uma unidade de saúde. Em Uberlândia não há registro de casos de raiva em animais e em humanos há 26 anos.

A prevenção contra a doença ocorre por meio da vacinação de cães e gatos, com mais de três meses de vida e com boas condições de saúde. Na primeira etapa da campanha contra raiva na zona rural foram aplicadas mais de nove mil doses da vacina.



Para ter mais informações sobre os postos fixos e itinerantes de vacinação, basta entrar em contato com o Controle de Zoonoses pelo telefone 3213-1470 ou 3213-8114. As informações também estão disponíveis no portal da prefeitura.

Recomendação

Nesta etapa urbana o CCZ orienta a utilização de focinheiras, coleiras e guias para cães agressivos. Os gatos devem estar envolvidos em sacolas de pano ou materiais adequados para proteção do dono do animal e dos vacinadores.
Durante o período de gestação e lactação, o animal não deve receber a dose da vacina. Para estes casos basta o dono do animal procurar o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) ou o Hospital Veterinário para aplicação da dose após o desmame dos filhotes.

Fonte: Site de nossa Prefeitura de Uberlândia