Secretaria Municipal de Saúde






Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência fora de seu controle.

Artigo Artigo XXV da Declaração Universal de Direitos Humanos



Saúde, Ciência, Pesquisa, Arte, Cultura, nossa gente da SMS, e o que mais possa interessar.



Organizado por William H Stutz

Veterinário Sanitarista

whstutz@gmail.com



Este Blog é independente, sem vínculo oficial com instituição alguma.
Todos
estão convidados a contribuir com informações de interesse coletivo.





quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Vacinação infantil


Começa neste sábado (24) a campanha nacional de atualização da caderneta de vacinação infantil. A data também marca o dia D de mobilização e divulgação nacional. Em Uberlândia, 64 salas de vacinas vão atualizar o esquema vacinal infantil até o dia 30 de agosto. O horário de atendimento das unidades para vacinação será entre 8 e 17 horas.

Durante a campanha serão oferecidas todas as vacinas do calendário básico infantil para 41.343 crianças com até 5 anos de idade. “Todos os pais ou responsáveis por crianças nesta faixa etária devem comparecer a uma unidade de saúde com a caderneta para avaliação dos profissionais de saúde”, disse o secretário municipal de Saúde, Almir Fontes. Nos casos em que alguma vacina não tenha sido aplicada, a criança receberá a dose na hora.

Com esta ação a Secretária Municipal de Saúde pretende aumentar a cobertura vacinal e reduzir o risco de transmissão de várias doenças. Durante a campanha estão disponíveis doses das vacinas: BCG, hepatite B, penta, inativada poliomielite (VIP), oral poliomielite (VOP), rotavírus, pneumocócica 10 valente, meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) e DTP (difteria, tétano e coqueluche).

Os pais que não tiverem a caderneta de vacinação dos seus filhos devem comparecer a uma unidade de saúde para que seja feito a avaliação da situação vacinal de acordo com a faixa etária. A imunização só acontece quando as crianças completam todo o esquema vacinal, incluindo as doses de reforço previsto no calendário básico de vacinação do Ministério da Saúde.

Portal da nossa Prefeitura de Uberlândia