Secretaria Municipal de Saúde






Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência fora de seu controle.

Artigo Artigo XXV da Declaração Universal de Direitos Humanos



Saúde, Ciência, Pesquisa, Arte, Cultura, nossa gente da SMS, e o que mais possa interessar.



Organizado por William H Stutz

Veterinário Sanitarista

whstutz@gmail.com



Este Blog é independente, sem vínculo oficial com instituição alguma.
Todos
estão convidados a contribuir com informações de interesse coletivo.





quinta-feira, 18 de abril de 2013

Teatro


Tai Chi Chuan

Noticias das UAPSFs Aurora e São Jorge IV

Nossa colega Cidinha, Assistente Social, nos enviando notícias do que anda acontecendo  nas Unidades de Saúde da Família.

"Na Semana Mundial da Saúde tivemos palestrantes ilustres,
e também a presença de BethiLi, professora de TAI CHI CHUAN."

Parabéns a todos das USF pelo envolvimento e dedicação ! Saúde Coletiva se faz assim, carinho e respeito com nossa gente.

 

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Doe sangue, doe vida








No momento, o Hemocentro Regional de Uberlândia registrou uma queda de 20%
no comparecimento de doadores e por isso gostaríamos de convidá-lo a fazer
uma doação de sangue epedir seu apoio na divulgação destas informações.

Vale lembrar que:
• É necessário apresentar documento original e oficial de identidade;
• Ter idade entre 16 e 67 anos (Jovens com 16 e 17 anos e adultos com
mais de 61, devem consultar condições especiais no site
www.hemominas.mg.gov.br);
• Estar bem de saúde, não estar gripado, resfriado, com febre ou
diarreia;
]• Homens podem doar sangue a cada 60 dias e mulheres a cada 90 dias.

Agradecemos em nome de todos os pacientes para os quais a doação de sangue
proporciona a continuidade da vida. Contamos com sua presença!

Horário de Funcionamento:

Segunda a sexta-feira das 7h às 11h30min
Segunda e quarta-feira das 7h às 11h30min e das 15h às 17h
Todo último sábado do mês das 7h às 11h30min.

Endereço: Av. Levindo de Souza, 1845 [ISO-8859-1?]– Umuarama / (34) 3222-8801
Para maiores informações, ligue 155 ou acesse www.hemominas.mg.gov.br.

Equipe de Captação de Doadores
Hemocentro Regional de Uberlândia
Fundação Hemominas



Equipe de Captação de Doadores
Hemocentro Regional de Uberlândia
Fundação Hemominas

Vacinação contra gripe

Clique na imagem para ampliar





Fonte: Jornal Correio de Uberlândia

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Campanha de vacinação da gripe influenza


Começa segunda-feira (15) a campanha de vacinação da gripe influenza

Em Uberlândia, a secretaria municipal de Saúde está preparada paraa 15ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe. Definida pelo Ministério da Saúde, a aplicação das doses começa em todos os municípios do país, segunda-feira, dia 15, às 8h. Durante doze dias, até 26, os profissionais da rede irão vacinar pessoas que formam o grupo prioritário. No município, são 113.634 pessoas que se enquadram dentro dos critérios preconizados. A meta é atingir no mínimo 80% desse total, ou seja, 90.907 pessoas.

Devem se vacinar as pessoas com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a dois anos, indígenas, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto, profissionais de saúde e doentes crônicos com a prescrição médica (veja a lista) e que estejam cadastrados em programas de controle de doenças crônicas do Sistema Único de Saúde.

Para receber a dose da vacina que protege contra a influenza (ou gripe), o cidadão deve procurar qualquer uma das 48 unidades do PSFs, uma das 06 UAIs (com exceção das unidades do Morumbi e São Jorge), as oito UBSs, os dois ambulatórios da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Terminal Central, Sociedade Médica ou o Carrefour.

A vacina contra a influenza sazonal não deve ser aplicada apenas em pessoas com histórico de reação anafilática ou alergia severa a ovo de galinha e seus derivados e àquelas que apresentam reações anafiláticas graves a doses anteriores. Após a vacinação, pode surgir dor no local da aplicação, coceira e até endurecer a parte onde houve a aplicação. Geralmente em 48 horas os sintomas desaparecem.

A GRIPE - A influenza (gripe) é uma infecção viral que afeta principalmente nariz, garganta, brônquios e, ocasionalmente, os pulmões. A infecção dura aproximadamente uma semana, sendo reconhecida por apresentar febre alta de início repentino, acompanhada por dores musculares, dor de cabeça, mal-estar intenso, tosse não produtiva e coriza. O vírus influenza é transmitido facilmente de uma pessoa infectada para outra por meio de gotículas e pequenas partículas produzidas pela tosse, espirro ou durante a fala, além do contato das mãos com superfícies contaminadas.

Confira a apresentação da 15ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe

Fonte: Portal da Prefeitura de Uberlândia

segunda-feira, 8 de abril de 2013

30 anos de SMS



Mais fotos em breve. Parabéns a todos nós !!!!!
Clica na foto para ampliá-la

Caminhada da Saúde II

Neste domingo (7), quando se comemorou o Dia Mundial da Saúde, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) promoveu uma caminhada no Parque do Sabiá. O percurso de 2,5 quilômetros foi feito por centenas de pessoas que participaram de uma sessão de alongamento antes e após o exercício.

Houve ainda mesa de frutas e distribuição de folders de diversas temáticas da SMS, como os programas voltados para crianças, adolescentes, idosos e mulheres. Diversos profissionais orientaram os participantes sobre a importância da prática esportiva, da alimentação saudável e dos cuidados com a saúde. Participaram da atividade o prefeito Gilmar Machado e o secretário municipal de Saúde, Almir Fontes. A caminhada encerrou um programa de ações feito nesta semana nas unidades municipais de saúde com foco na prevenção de doenças.

Fonte: Portal da PMU

Caminhada da Saúde



Parque do Sabiá comemora o Dia Mundial da Saúde com caminhadas

João P. Feliciano Repórter

Muita gente compareceu ao Parque do Sabiá neste domingo para caminhada consciente

Para comemorar o Dia Mundial da Saúde (7 de abril), o Parque do Sabiá sediou duas caminhadas no sábado e domingo, promovidas pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) Minas Gerais e pela Secretaria Municipal de Saúde, respectivamente. Quem passou pelo parque, recebeu orientações sobre qualidade de vida e recebeu brindes, como camisetas e squeezes.

No sábado (6), a caminhada do Sesc contou com a participação do corpo clínico do Oncocentro de Uberlândia, que prestou esclarecimentos sobre tratamentos de câncer. A iniciativa foi motivada pelo Dia Mundial de Combate ao Câncer, celebrado neste domingo (7).

Para a coordenadora de formação e educação permanente da Secretaria de Saúde da cidade, Juliana Makus, o evento de domingo serviu para incentivar as pessoas à prática de atividades físicas. “Preferimos dar esse foco e orientar as pessoas a procurar os postos de saúde para aferição de pressão e outros testes”, afirmou. Nessa caminhada, os participantes fizeram um trajeto de mais de 2 km.

O casal de estudantes Celso Gold Marques Júnior e Ana Cláudia Batista Pereira aproveitou o domingo para caminhar

O casal de estudantes Celso Gold Marques Júnior e Ana Cláudia Batista Pereira aproveitou para participar da caminhada. Segundo eles, as atividades físicas não fazem parte de suas rotinas por conta dos estudos. Contudo, eles afirmaram a importância da promoção de ações como estas para maior conscientização das pessoas.

Fonte: Jornal Correio de Uberlândia


quarta-feira, 3 de abril de 2013

Dia Mundial da Saúde

Dia Mundial da Saúde é comemorado com atividades

Quem passar por algumas unidades de saúde do município esta semana receberá orientações sobre o auto-exame das mamas, hipertensão, dengue, diabetes, tuberculose, toxoplasmose gestacional, glicemia capilar, verminose, escabiose, doenças sexualmente transmissíveis e métodos contraceptivos. Também serão entregues preservativos, atualização do cartão de vacina, aferição de pressão, orientações sobre saúde bucal e a importância de se realizar atividade física. O trabalho é realizado pela equipe de médicos, enfermeiros, auxiliares, técnicos, agentes de saúde da Secretaria Municipal de Saúde, com o apoio do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

O Dia Mundial da Saúde é comemorado no dia 7 de abril, com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da saúde nas suas vidas e no dia-a-dia, além de descobrirem formas de se cuidarem. Esse ano o tema é “Promoção da Saúde”, com estímulos para a prática de atividade física regular e pelos bons hábitos alimentares.

O encerramento será no dia 7 de abril, das 8h às 12h, no Parque do Sabiá, entrada pelo portão do Tibery. Haverá caminhada, mesa de frutas, distribuição de folders de diversas temáticas da Secretaria Municipal de Saúde, como Saúde da Criança e do Adolescente, Saúde do Idoso e Saúde da Mulher. Nutricionistas estarão medindo e pesando as pessoas, passando orientação para uma alimentação saudável e os cuidados com a saúde.

Confira a agenda de atividades de amanhã (3):

Unidades de saúde do bairro Canaã
8h – Abertura com a Banda da Polícia Militar
9h – Apresentação com os cães e palestra com o PROERD
9h30 – Apresentação de capoeira
10h – Marcha pela Saúde – Início na porta da Unidade, finalizando na Ong Periferarte
Mais informação: 3227-8743 / 3227-8723

Unidade de saúde do Morada Nova
Atividades físicas, palestras e aferições de pressão e glicemia durante todo o dia.
Mais informação: 3224-9577.

Fonte: Portal da Prefeitura de Uberlândia

Viver bem


Recebemos da colega de trabalho Cidinha, Assistente Social da UAPFS Aurora



"Tivemos palestras com a presença da apresentadora Monica
Cunha,abordando o tema Viver bem, e a a nutricionista Alessandra
Carneiro,que falou da alimentação saudável e os malefícios do Tabaco."

Cidinha Assistente Social
UAPFS Aurora


terça-feira, 2 de abril de 2013

Leishmaniose



Desde o fim do ano passado, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Uberlândia está utilizando um novo procedimento para detectar leishmaniose em cães. O resultado sai em 20 minutos. Além da agilidade, os especialistas afirmam que o sistema é mais eficaz que os métodos tradicionais.

Kit para o teste rápido para detectar leishmaniose está sendo usado desde novembro de 2012

O novo exame denominado TR-DPP (Dual Parth Platform, traduzido para Plataforma de Duplo Compartilhamento) é feito em Uberlândia desde novembro do ano passado. O diagnóstico é um teste rápido mais eficaz para verificar a doença e se assemelha ao procedimento usado para diagnosticar aids em humanos. A sensibilidade do exame é de 90%. Desde 2010, não são registrados casos de contaminação em humanos na cidade.

Desde a implementação do novo exame na cidade, cerca de 4,5 mil cães foram diagnosticados, uma média de 900 animais por mês. O procedimento é feito em casa e colhe 0,005 ml de sangue da ponta da orelha do cachorro. O resultado sai em 20 minutos. Para casos positivos, o agente do CCZ colhe mais uma porção de sangue venoso (da veia do animal) para confirmação em laboratório de sorologia.

De acordo com a coordenadora de entomologia do CCZ, Márcia Beatriz Cardoso de Paula, os bairros Ipanema, Mansões Aeroporto, Aclimação, Custódio Pereira, na zona leste da cidade, e Shopping Park, na zonal sul, têm sido vistoriados, por apresentarem maior incidência de contaminação, e as pessoas precisam ficar atentas às medidas preventivas (confira nesta página). “Quem tem que proteger o animal é o próprio dono”, disse.

Como prevenir a leishmaniose
  • Mantenha o quintal livre de material orgânico em decomposição, como folhas e frutos, nesse meio o inseto transmissor da doença se prolifera
  • Higienize bem as áreas externas da casa onde os animais costumam ficar
  • Adote o uso de coleiras impregnadas com inseticida nos animais de estimação, para evitar o contágio


Clique abaixo e leia matéria do Jornal Correio em pdf

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Escorpiões


Incidência de escorpião cresce 30% neste período do ano, em Uberlândia

Cindhi Belafonte Especial para o CORREIO

William Stutz alerta sobre os cuidados para evitar a proliferação


O aparecimento de escorpiões em Uberlândia nesta época do ano (março a maio) aumenta cerca de 30%, segundo o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), que chega a atender, em média, dez chamadas por dia. Devido à umidade e às altas temperaturas, comuns nessa época do ano, o ciclo de reprodução dos animais atinge seu ponto mais crítico e a proliferação das espécies se intensifica.

Com o aumento da incidência de escorpiões, os agentes do CCZ intensificaram o combate aos criadouros do animal. Diariamente, percorrem os bairros em que há registro de ocorrências para fazer capturas e orientar os moradores quanto à prevenção.

De acordo com o veterinário do CCZ William Stutz, nos primeiros três meses desse ano, foram capturados 423 escorpiões na cidade. “Ao todo, em 2012, encontramos 2019 animais em Uberlândia”, disse. Segundo ele, após a notificação, os agentes do centro vão até o local fazer a captura do animal e percorrem todas as casas do quarteirão para orientar os moradores quanto aos procedimentos para eliminar criadouros. “Em geral, os escorpiões podem chegar às casas pela rede de esgoto e se alojar em locais com alta temperatura e umidade. Por isso, é importante evitar acúmulo de lixo e manter telas de proteção nos ralos”, afirmou.

A picada do escorpião, segundo o veterinário é caracterizada por dor intensa na região atingida e pode ocasionar outros sintomas, como oscilações na pressão arterial e depressão respiratória. “É importante que, ao ser picado, a vítima procure atendimento médico imediato para os procedimentos adequados”, disse. Ele afirmou ainda que os efeitos da picada, como dores e contrações musculares, podem persistir por aproximadamente quatro dias, mas se o paciente for rapidamente medicado, o risco de óbito é bem reduzido.

Em Uberlândia, os hospitais habilitados para oferecer atendimento de emergência nesses casos são a Unidade de Atendimento Integrado Pampulha (UAI Pampulha) e o Pronto Socorro do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia.

Moradores precisam ficar alertas

No bairro Marta Helena, na zona norte da cidade, a doméstica Zélia Maria Freitas encontrou um escorpião em casa, há cerca de um mês. “Ele se escondeu no tênis do meu cunhado e, quando ele foi calçar, foi picado. Tivemos que correr com ele para o hospital”, disse. Segundo ela, essa foi a primeira vez que o animal apareceu em sua casa, mas, para evitar novos acidentes, ela notificou o CCZ. “Tenho duas crianças em casa e fico com medo por causa delas”, afirmou.

Com o aposentado João Dias da Silva, também morador do Marta Helena, aconteceu um caso semelhante. Ele descobriu um criadouro de escorpiões no fundo de sua casa. “Um dos bichos escapou e chamamos o CCZ para capturar. Depois, descobrimos que eles estavam escondidos embaixo das lenhas do nosso antigo fogão”, afirmou. Ele disse que os animais foram capturados pelos agentes e a lenha foi retirada do local. “Agora eu sei o que favorece a criação desses animais, vou cuidar para que eles não voltem a aparecer”, disse.

CCZ recolhe animais peçonhentos

Em caso de aparecer escorpião em casa, a população deve comunicar ao laboratório de animais peçonhentos do Centro de Controle de Zoonoses pelo telefone 3255-3028 e, de preferência, guardar o animal (vivo ou morto) para os técnicos registrarem o caso no monitoramento do município. “Nós temos um trabalho constante de captura de escorpião, temos locais de visitação frequente para monitorar, se a população do animal aumenta ou se aparece novas espécies na cidade”, disse o veterinário William Stutz.

O controle dos animais no município é feito pelos técnicos e veterinário do laboratório de animais peçonhentos do CCZ, que sistematicamente recolhem escorpiões pela cidade. De acordo com Stutz, em média são capturados cerca de 2 mil escorpiões por ano na cidade. Os animais são encaminhados para a Fundação Ezequiel Dias, em Belo Horizonte, para a produção de soro.

As regiões de maior predominância são perto dos córregos, no cemitério São Pedro e nos bairros Martins, Aparecida, Brasil e região central, onde existe maior concentração de construções antigas.


Cuidados para evitar criadouros

  •  evitar acúmulo de lixo e de entulhos
  •  manter telas de proteção em ralos (pias, tanques e banheiros)
  • vedar soleiras de portas
  •  evitar encostar camas e berços na parede
  •  rebocar paredes e pisos internos
  •  conferir sapatos fechados, principalmente tênis e botas, antes de calçá-los

Cuidados

Em caso de picada ou localização de escorpião, entrar em contato com laboratório de animais peçonhentos do Centro de Controle de Zoonoses pelo telefone 3255-3028.

Fonte: Jornal Correio de 1º de Abril de 2013