Secretaria Municipal de Saúde






Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência fora de seu controle.

Artigo Artigo XXV da Declaração Universal de Direitos Humanos



Saúde, Ciência, Pesquisa, Arte, Cultura, nossa gente da SMS, e o que mais possa interessar.



Organizado por William H Stutz

Veterinário Sanitarista

whstutz@gmail.com



Este Blog é independente, sem vínculo oficial com instituição alguma.
Todos
estão convidados a contribuir com informações de interesse coletivo.





sexta-feira, 23 de maio de 2014

Boa coleta

Equipe do Laboratório de Animais Peçonhentos da nossa SMS em dia de grande coleta. Mais um lote pronto para envio à FUNED, para produção de soro. Sensação de missão realizada novamente

Clica que as fotos ampliam







quarta-feira, 21 de maio de 2014

Ainda no mês das mães

"Ainda no mês das mães,realizou-se uma deliciosa festa em perfeita harmonia com as mães da comunidade do bairro Aurora.
Foi um momento único para ficar na memória e no coração...contamos com a ajuda dos comerciantes que doaram muitos alimentos para um café da manhã maravilhoso e também brindes para o sorteio...cantamos e tocamos violão para homenagear as presentes,a musica de Roberto Carlos,Eu tenho tanto pra te falar...foi muito bom e gratificante!
Segue fotos.

Cidinha-Assistente Social.
UAPSFs Aurora e São Jorge IV."


terça-feira, 20 de maio de 2014

Intranet SMS


Ajudem a divulgar nossa intranet.
Caso tenham sugestões por favor enviar para suporte
suportesms@uberlandia.mg.gov.br


Iniciamos na intranet uma campanha para conscientização e redução de gastos de Energia Elétrica, Impressão e Telefonia.
 intranetsaude.uberlandia.mg.gov.br

Para acesso aos resultados dos exames da Universidade Federal de Uberlândia e do Hospital Municipal, faz-se necessário o preenchimento do Termo de Compromisso, que pode ser encontrado na própria tela de login.


Obrigado.
Weder Nunes


IntranetSMS

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Tempo

"Contei meus anos e descobri
Que terei menos tempo para viver do que já tive até agora
Tenho muito mais passado do que futuro
Sinto-me como aquele menino que recebeu uma bacia de jabuticabas
As primeiras, ele chupou displicentemente
Mas, percebendo que faltam poucas, rói o caroço.

Já não tenho tempo para lidar com mediocridades
Inquieto-me com os invejosos tentando destruir quem eles admiram
Cobiçando seus lugares, talento e sorte
Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas
As pessoas não debatem conteúdo, apenas rótulos
Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos
Quero a essência... Minha alma tem pressa
Sem muitas jabuticabas na bacia
Quero viver ao lado de gente humana, muito humana
Que não foge de sua mortalidade
Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade."


Ricardo Gondim


Ricardo Gondim Rodrigues é teólogo brasileiro, presidente nacional da Igreja Betesda, presidente do Instituto Cristão de Estudos Contemporâneos, conferencista. Tem programa de rádio e é colunista de vários veículos de comunicação

terça-feira, 13 de maio de 2014

Saúde do coração

O sal é um dos vilões mais temidos da atualidade, mas também é o menos combatido. Isso porque desde sempre nós nos acostumamos a comer tudo com uma bela pitada de sal. E se fosse só essa pitada, tudo bem! Mas, o que torna o sal um grande vilão é que ele é a principal fonte de sódio que consumimos, podendo causar aumento da pressão arterial levando a problemas mais sérios de saúde, como a hipertensão e sobrecarregar os rins.

Porém, manter o sal longe do prato ou pelo menos diminuir as quantidades dele nas receitas pode ser mais fácil do que você imagina. A substituição do mineral por outros temperos naturais dá novo gostinho às preparações e ainda por cima promove uma onda de boa saúde. "Os temperos naturais ou condimentos melhoram o sabor, aroma e aparência dos alimentos preparados", explica a nutricionista Maíra Malta, da Unesp.

Por isso, na Semana Mundial da Consciência sobre o Sal selecionamos alguns temperos que te ajudam a se manter longe do sal. Confira:

Fonte:

http://www.minhavida.com.br/

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Viver sem limites

 http://www.uberlandia.mg.gov.br/inscricao_2.php

Faça sua inscrição clicando AQUI ou no CARTAZ  acima

UAPSF São Jorge IV

Recebemos da colega Cidinha Martins, UAPSF São Jorge IV. Parabéns a toda equipe


"Em comemoração ao dia das mães,foi realizado na UAPSF São Jorge IV,uma festa,com brincadeiras,sorteio de brindes,café da manhã e uma boa prosa com a apresentadora da TV Integração Monica Cunha."


quarta-feira, 7 de maio de 2014

Tatuagem

Anvisa suspende 15 marcas de tintas para tatuagem por falta de registro no país

Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta terça-feira (6) 14 marcas de tinta para tatuagem por falta de registro no país. São elas: Intenze, Eternal Ink, Suprema Collors, Solid Ink, Drawing Ink 700, Extrema Magic Collors, Master Ink, Kuro Sumi, Murano, Kactus, Kokkai Sumi Ink, Infinity Tattoo Ink, Korrai Sumi Ink e Bowery Ink.

De acordo com resolução publicada no Diário Oficial da União, a orientação da agência é que as vigilâncias sanitárias dos estados e municípios apreendam e inutilizem as unidades encontradas no mercado.

Outra medida também publicada hoje no Diário Oficial da União visa a impedir o uso da tinta Indian Ink em tatuagens. De acordo com a Anvisa, o produto tem registro, mas o próprio rótulo traz a informação que a tinta não deve ser utilizada para este fim. Neste caso, a orientação é que as vigilâncias sanitárias apreendam o produto quando ele for encontrado em estúdios e feiras de tatuagem.

A Anvisa já havia suspendido a marca de tinta para tatuagem Supreme, fabricada por Tseva Indústria e Comércio, em janeiro passado, após receber uma denúncia do Ministério Público do estado de São Paulo.

A pigmentação artificial permanente para pele, incluindo as tintas de tatuagem, é regulamentada pela Anvisa por meio da Resolução da Diretoria Colegiada de número 55 publicada em 2008, a RDC 55/2008. No país, há três marcas de tintas regulares para tatuagem: a Starbrite Colors, a Electric Ink e a Irons Work.

Desmatamento e água

Desmatamento eleva em 100 vezes o custo do tratamento da água
07/05/2014

Por Karina Toledo

Além de alterar o ciclo de chuvas, prejudicar a recarga de aquíferos subterrâneos e, consequentemente, reduzir os recursos hídricos disponíveis para o abastecimento humano, o desmate da vegetação que recobre as bacias hidrográficas tem forte impacto sobre a qualidade da água, encarecendo em cerca de 100 vezes o tratamento necessário para torná-la potável.

O alerta foi feito pelo pesquisador José Galizia Tundisi, do Instituto Internacional de Ecologia (IIE), durante palestra apresentada no terceiro encontro do Ciclo de Conferências 2014 do programa BIOTA-FAPESP Educação, realizado no dia 24 de abril, em São Paulo.

“Em áreas com floresta ripária [contígua a cursos d'água] bem protegida, basta colocar algumas gotas de cloro por litro e obtemos água de boa qualidade para consumo. Já em locais com vegetação degradada, como o sistema Baixo Cotia [bacia hidrográfica do rio Cotia, na Região Metropolitana de São Paulo], é preciso usar coagulantes, corretores de pH, flúor, oxidantes, desinfetantes, algicidas e substâncias para remover o gosto e o odor. Todo o serviço de filtragem prestado pela floresta precisa ser substituído por um sistema artificial e o custo passa de R$ 2 a R$ 3 a cada mil metros cúbicos para R$ 200 a R$ 300. Essa conta precisa ser relacionada com os custos do desmatamento”, afirmou Tundisi.

Quando a cobertura vegetal na bacia hidrográfica é adequada – e isso inclui não apenas as florestas ripárias como também matas de áreas alagadas e demais mosaicos de vegetação nativa –, a taxa de evapotranspiração é mais alta, ou seja, uma quantidade maior de água retorna para a atmosfera e favorece a precipitação.

Leia mais

terça-feira, 6 de maio de 2014

Unidade de Saúde Dom Almir

A Prefeitura de Uberlândia entregou nesta segunda-feira (05) as novas instalações do Posto de Saúde da Família do bairro Dom Almir. As instalações receberam adequações para tornar o atendimento mais acolhedor e melhorar a estrutura de trabalho dos profissionais de saúde. A assistência à população daquela região, que por estratégia, precisa ser próxima a residência do usuário, ficou temporariamente no anexo da unidade de Atendimento Integrado (UAI) do bairro Morumbi. A unidade atenderá com a reforma a uma demanda de aproximadamente sete mil moradores e mantém o objetivo principal de vincular o paciente ao sistema e facilitar na marcação de consultas. A unidade conta com enfermeiro, médico de saúde da família, agentes comunitários e grupos de apoio às gestantes e portadores de doenças crônicas.

Segundo o secretário de Saúde, Almir Fontes, quando se fortalece a atenção primária como é feito no PSF, é possível solucionar mais de 80% dos problemas de saúde recorrentes na população. “Procuramos atender na prevenção e cuidados onde a comunidade mora. Podemos evitar a sobrecarga nos pronto-atendimentos e ao mesmo tempo conhecer a realidade local para planejar ações de saúde pública mais efetivas”, disse.

Para a comunidade, uma unidade de saúde próxima à residência proporciona mais conforto e evita que se desloquem do local onde moram para buscar atendimento em outros bairros. Segundo a moradora Ruti Elen Rodrigues, a reinauguração da unidade é uma conquista pessoal e coletiva. “Nem sempre tinha dinheiro para o transporte quando precisava ir ao médico. Para mim, esta unidade perto de nós é uma conquista de conforto familiar, sei que posso agendar minha consulta e serei atendida e acompanhada pelo profissional que já conhece meu caso”, disse.


Fonte: Portal da Prefeitura de Uberlândia