Secretaria Municipal de Saúde






Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência fora de seu controle.

Artigo Artigo XXV da Declaração Universal de Direitos Humanos



Saúde, Ciência, Pesquisa, Arte, Cultura, nossa gente da SMS, e o que mais possa interessar.



Organizado por William H Stutz

Veterinário Sanitarista

whstutz@gmail.com



Este Blog é independente, sem vínculo oficial com instituição alguma.
Todos
estão convidados a contribuir com informações de interesse coletivo.





quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Bombas com escorpiões

Estado Islâmico lança bombas com escorpiões e aterroriza população no Iraque


Militantes Estado Islâmico (EI) estão a lançar bombas contendo escorpiões vivos como a mais recente arma de terror no Iraque.

Latas cheias de escorpiões estão a ser lançadas para explodir em cidades e aldeias, de acordo com um especialista militar britânico que acaba de regressar do país.

«É uma loucura. O EI tem improvisado dispositivos para lançar», além de que «divulga o que está a fazer, o que gera o pânico», disse Hamish de Bretton-Gordon, ex-chefe de armas químicas e biológicas para o Exército e NATO.

«Os escorpiões são resistentes. Mesmo que sejam lançados desde alguns quilómetros de distância, quando a lata de rompe milhares são arremessados para fora e começam a rastejar por todo o lado», acrescentou.

«Alguns escorpiões são muito venenosos, mas o principal objectivo é criar medo», frisou o militar.

Gordon disse que as duas primeiras bombas não causaram mortes em massa, mas tiveram um enorme «impacto psicológico».

As autoridades iraquianas relataram que os escorpiões estavam a ser usados para atingir áreas civis no norte do país.

O método remonta ao ano de 198 DC, quando os iraquianos enfiavam milhares de escorpiões em potes e os lançavam contra os romanos, quando estes tentaram invadir o território.


Fonte: http://diariodigital.sapo.pt/